Fazedores

Nasceu um programa para orientar as estudantes de tecnologia. Há 50 vagas

Associação Portuguese Women in Tech foi criada para equilibrar a presença de homens e mulheres no novo mundo tecnológico. (Fotografia cedida pela PWIT)
Associação Portuguese Women in Tech foi criada para equilibrar a presença de homens e mulheres no novo mundo tecnológico. (Fotografia cedida pela PWIT)

Comunidade Portuguese Women in Tech lançou programa de mentoria de cinco meses para recém-licenciadas e jovens estudantes de tecnologia.

A mentoria é considerada, pelas mulheres, como uma das oportunidades mais atrativas para o crescimento profissional e de aprendizagem. A comunidade Portuguese Women in Tech, tendo em conta este fator, abriu as candidaturas, esta sexta-feira, para um programa de mentoria nesta área. Há 50 vagas para as jovens estudantes de tecnologia. O programa arranca no final de março.

Esta iniciativa irá decorrer durante cinco meses, através do desenvolvimento de relações próximas entre as jovens e mentoras de tecnologia. Estas relações serão construídas através de sessões presenciais, sessões online e dois eventos de comunidade – lançamento e encerramento do programa.

As mentoras irão partilhar a experiência profissional com as jovens e ensinarem-lhes a terem uma voz ativa no mercado de trabalho e a ter uma mentalidade ativa. Serão ainda ensinadas “competências cruciais para as jovens que estiverem a entrar no mercado de trabalho.

Uma geração pode ser insuficiente para haver mais mulheres nas tecnológicas

A comunidade Portuguese Women in Tech procura jovens mulheres com “background em tecnologia, design e data science, determinadas em desenvolver o seu lado pessoal e profissional e com sentido de compromisso para a totalidade do programa”.

As inscrições para este programa de mentoria estão abertas até 15 de março através desta página. Uma semana depois, as jovens serão selecionadas e os eventos de lançamento do programa vão decorrer dia 23 de março (Casa do Impacto, Lisboa) e 25 de março (Founders Founders, Porto)

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (E), conversa com o ministro de Estado e das Finanças, João Leão (D), durante o debate e votação da proposta do orçamento suplementar para 2020, na Assembleia da República, em Lisboa, 17 de junho de 2020. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Bruxelas agrava projeção de contração em Portugal para 9,8%

Comissão Europeia, Bruxelas (REUTERS)

Bruxelas revê estimativas. Economia da zona euro deverá recuar 8,7% em 2020

Mário Centeno


TIAGO PETINGA/LUSA

Centeno defende repensar das regras da dívida e do défice na UE

Nasceu um programa para orientar as estudantes de tecnologia. Há 50 vagas