fazedores

New in Town. Experiências para ler de fio a pavio

ng3480660

Quer experimentar o melhor bolo de chocolate do mundo ou assistir a um miniconcerto com a banda do momento? Marque na sua agenda: no final de setembro isso vai ser possível com a <a target="_blank" href="https://www.facebook.com/newintownpt">revista New in Town</a> (NIT).

“Queremos dar a conhecer tudo o que for novidade em termos de cultura urbana”, explica Ricardo Martins Pereira, diretor da NIT.

Antes jornalista, com cargos de direção em jornais e revistas, Ricardo despediu-se do emprego (era editor da Tentações, da Sábado) para, com Bernardo Bairrão (antigo CEO da Media Capital), seguir por sua conta e risco e lançar uma revista multiplataforma. A NIT arranca com um site – que querem posicionar como “o melhor de cultura e lazer de Portugal”- e uma aplicação para iPhone, mas também quer ser uma “revista ao vivo”. “Todos os meses os leitores vão experimentar as nossas secções”, conta Ricardo. Como é que se vive, por exemplo, a secção de restaurantes? “Aprendendo a fazer pizas, com um extra: um chef a sério.”

Nos planos está ainda o lançamento de uma edição em papel, mas Ricardo e Bernardo ainda estão a estudar se terá uma periodicidade mensal e vendida em banca, se semanal e distribuída com um jornal diário ou se será uma revista corporativa. Mas seja qual for o modelo, será premium. “Será uma edição de luxo, não vamos replicar os conteúdos do site. Os conteúdos até se podem tocar, mas será sempre uma abordagem diferente”, frisa Ricardo.

A love brand NIT – vai relatar as novas aberturas de restaurantes, a cultura urbana, com foco em Lisboa e Porto ao longo do ano. No verão, tudo o que acontece de novo no Alentejo, Algarve e Douro – surgirá na revista. Haverá ainda uma secção de moda e beleza, coordenada por Ana Garcia Martins, a autora do blog A Pipoca Mais Doce – e mulher de Ricardo Martins Pereira. Exercícios, nutrição, saúde e viagens (dentro e fora) são outros dos temas.

Concorrência à muito urbana Time Out?, perguntamos nós. “A Time Out não aposta muito no online, o nosso core. Quanto muito somos complementares”, garantem eles. “E se formos para a banca com a revista, pela própria periodicidade não somos concorrentes diretos.”

É no online que os responsáveis da NIT estão a apostar para recuperar o investimento que, apesar de “não ser muito grande”, é feito com capitais próprios. Ricardo apoia-se nas previsões feitas pela consultora PwC, que apontam um crescimento de 13% da publicidade online. “Acreditamos que é um investimento certo nesta altura e que podemos rapidamente recuperar. A edição em papel serve para equilibrar. No final de 2015 o projeto já deve estar a dar lucro”, acredita Ricardo. E planos não faltam para a internacionalização – por agora os destinos são segredo.

Retrato

A New in Town (NIT) é editada pela MadMen Lda. A editora é detida a 51% por Ricardo Martins Pereira e 49% pela Global Minds, de Bernardo Bairrão. O lançamento está previsto para finais de setembro. Para o projeto multiplataforma, criado de raiz em Portugal, há uma redação de dez pessoas. Ana Garcia Martins, A Pipoca Mais Doce, faz parte da equipa.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Mário Centeno, ministro das Finanças e presidente do Eurogrupo. Fotografia: EPA/STEPHANIE LECOCQ

Peso da despesa com funcionários volta a cair para mínimos em 2020

26/10/2019 ( Nuno Pinto Fernandes/ Global Imagens )

Conselho de Ministros aprovou Orçamento do Estado

Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República portuguesa. Foto: REUTERS/Benoit Tessier

OE2020: PR avisa que é preciso “ir mais longe” em matérias como a saúde

Outros conteúdos GMG
New in Town. Experiências para ler de fio a pavio