fazedores

New in Town. Experiências para ler de fio a pavio

ng3480660

Quer experimentar o melhor bolo de chocolate do mundo ou assistir a um miniconcerto com a banda do momento? Marque na sua agenda: no final de setembro isso vai ser possível com a revista New in Town (NIT).

“Queremos dar a conhecer tudo o que for novidade em termos de cultura urbana”, explica Ricardo Martins Pereira, diretor da NIT.

Antes jornalista, com cargos de direção em jornais e revistas, Ricardo despediu-se do emprego (era editor da Tentações, da Sábado) para, com Bernardo Bairrão (antigo CEO da Media Capital), seguir por sua conta e risco e lançar uma revista multiplataforma. A NIT arranca com um site – que querem posicionar como “o melhor de cultura e lazer de Portugal”- e uma aplicação para iPhone, mas também quer ser uma “revista ao vivo”. “Todos os meses os leitores vão experimentar as nossas secções”, conta Ricardo. Como é que se vive, por exemplo, a secção de restaurantes? “Aprendendo a fazer pizas, com um extra: um chef a sério.”

Nos planos está ainda o lançamento de uma edição em papel, mas Ricardo e Bernardo ainda estão a estudar se terá uma periodicidade mensal e vendida em banca, se semanal e distribuída com um jornal diário ou se será uma revista corporativa. Mas seja qual for o modelo, será premium. “Será uma edição de luxo, não vamos replicar os conteúdos do site. Os conteúdos até se podem tocar, mas será sempre uma abordagem diferente”, frisa Ricardo.

A love brand NIT – vai relatar as novas aberturas de restaurantes, a cultura urbana, com foco em Lisboa e Porto ao longo do ano. No verão, tudo o que acontece de novo no Alentejo, Algarve e Douro – surgirá na revista. Haverá ainda uma secção de moda e beleza, coordenada por Ana Garcia Martins, a autora do blog A Pipoca Mais Doce – e mulher de Ricardo Martins Pereira. Exercícios, nutrição, saúde e viagens (dentro e fora) são outros dos temas.

Concorrência à muito urbana Time Out?, perguntamos nós. “A Time Out não aposta muito no online, o nosso core. Quanto muito somos complementares”, garantem eles. “E se formos para a banca com a revista, pela própria periodicidade não somos concorrentes diretos.”

É no online que os responsáveis da NIT estão a apostar para recuperar o investimento que, apesar de “não ser muito grande”, é feito com capitais próprios. Ricardo apoia-se nas previsões feitas pela consultora PwC, que apontam um crescimento de 13% da publicidade online. “Acreditamos que é um investimento certo nesta altura e que podemos rapidamente recuperar. A edição em papel serve para equilibrar. No final de 2015 o projeto já deve estar a dar lucro”, acredita Ricardo. E planos não faltam para a internacionalização – por agora os destinos são segredo.

Retrato

A New in Town (NIT) é editada pela MadMen Lda. A editora é detida a 51% por Ricardo Martins Pereira e 49% pela Global Minds, de Bernardo Bairrão. O lançamento está previsto para finais de setembro. Para o projeto multiplataforma, criado de raiz em Portugal, há uma redação de dez pessoas. Ana Garcia Martins, A Pipoca Mais Doce, faz parte da equipa.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

BCP

BCP propõe distribuir 30 milhões em dividendos

Miguel Maya, CEO do Millennium Bcp.
(Leonardo Negrão / Global Imagens)

Lucro do BCP sobe mais de 60% para 300 milhões em 2018

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
New in Town. Experiências para ler de fio a pavio