Inovação

Noesis. Fazer crescer as empresas à boleia dos departamentos de tecnologia

Ricardo Mendes é responsável pela área de soluções de cloud da Noesis.
Ricardo Mendes é responsável pela área de soluções de cloud da Noesis.

Usando recursos internos e a cloud, a multinacional portuguesa ajuda as empresas a olharem mais e melhor para dentro e a usarem o seu potencial da melhor forma

Imagine a sua empresa em frente a um espelho. Consegue ver todas as qualidades e detetar as oportunidades, mais bem vistas de fora? A capacidade de olhar para os serviços e produtos, de maneira a analisar a informação e fazer crescer os serviços internos cada vez mais alinhados com o negócio, é a missão da Noesis, cujos serviços funcionam como uma espécie de espelho com vida própria.

Através de serviços de consultoria feitos no terreno – entenda-se, dentro das próprias empresas -, a Noesis ajuda a interiorizar a mensagem de que há inteligência e processos que deveriam estar sempre dentro das empresas. A ideia que serve de base à inovação da empresa é a de cloud core híbrido. “O que é isto? Tipicamente, quando se fala de cloud fala-se de um processo de externalização, de algo que é externalizável à empresa. E a ideia aqui é que a inteligência deste serviços, o modo como eles estão construídos, deveria estar mais perto da empresa e não numa entidade externa. (…) Isto permite que as empresas possam munir-se de tecnologia, de soluções, dentro da sua própria estrutura de IT, de maneira a que continuem alinhadas com o seu negócio e, ao mesmo tempo, utilizem recursos virtualmente ilimitados que existem nos service providers globais, que têm comunicações e data centers gigantes“, explica Ricardo Mendes, responsável pela área de soluções de cloud da Noesis.

Fundada em 1995, a Noesis sempre abordou o mercado de forma low profile, muito focada em grandes empresas mas com pouca visibilidade para o público em geral. “Durante estes primeiros 20 anos estivemos mais focados no top 15 de contas em Portugal, sempre com uma perspetiva de excelência: muito know-how, uma empresa muito baseada nas pessoas e com a própria administração focada nisso”, detalha Ricardo Mendes.

Com quatro escritórios em Portugal, clientes em países como Brasil, Angola, Benelux, Irlanda e Madrid e uma faturação acima dos 20 milhões de euros, em 2014, a Noesis espera crescer cerca de 20% este ano. Só a área de cloud e de gestão de infraestruturas tem crescido cerca de 30% anualmente, nos últimos quatro anos. “Os sonhos são legítimos: o objetivo é continuar a transformar a empresa no sentido de a tornar mais visível, no sentido de crescimento e de excelência, mantendo padrões altos. O facto de não haver muita rotatividade permite sempre que as pessoas cresçam. E o papel da Noesis é permitir que outras empresas cresçam também”, diz.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
apple one

Apple One junta vários serviços, chega a Portugal mas com limitações. O que tem

A  90ª edição da Micam, a feira de calçado de Milão, está agendada para os dias 20 a 23 de setembro, com medidas de segurança reforçadas. Fotografia DR

Calçado. Micam arranca este domingo e até há uma nova marca presente

Os ministros da Presidência do Conselho de Ministros, Mariana Vieira da Silva (C), Economia, Pedro Sia Vieira (E) e do Trabalho Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho (D). MANUEL DE ALMEIDA/POOL/LUSA

Portugal é o quarto país da UE onde é mais difícil descolar do mínimo

Noesis. Fazer crescer as empresas à boleia dos departamentos de tecnologia