ensino

Nota20. Ensinar com uma visita virtual

Sara Amado teve a ideia nos EUA
Sara Amado teve a ideia nos EUA

A imagem do Central Park, em Nova Iorque, cheio de gente com computadores Macintosh brancos, não sai da cabeça de Sara. Depois de um mês de férias nos EUA, foi neste jardim que percebeu que se pode trabalhar onde e como se quiser. “Apercebi-me que são as pessoas que fazem as oportunidades.”

Em 2006 criou a Nota20, um projecto que serviu de trabalho final na pós-graduação em Comunicação e Imagem, depois da licenciatura em Filosofia. A empresa trabalha com estudantes que precisam de apoio nos estudos, através de planos personalizados.

Leonor, 14 anos, é um dos casos de sucesso que tem para contar: para aprender francês e, na companhia de uma explicadora, simulou uma viagem a Paris: perguntou indicações num aeroporto imaginário, visitou virtualmente o Museu do Louvre e até pediu crepes com Nutella num quiosque de rua. Tudo sem sair de casa.

“Claro que o serviço obedece sempre ao programa escolar, mas fá-lo criativamente. É fácil transformar o jogo da Glória numa forma de aprender história”, exemplifica Sara Amado.

Este ano, a criadora da Nota20 já decorou os nomes dos 73 novos alunos que lhe passaram pelas mãos. Mesmo antes de as aulas começarem – o que acontece maioritariamente na segunda-feira -, a Nota20 tem um número de estudantes que supera as expectativas.

Além das explicações, a empresa oferece serviços de acompanhamento psicológico, controlo de ansiedade para a época de testes, preparação para exames e ainda ensina os pais a acompanharem os filhos na aprendizagem. Sara Amado conhece os pais de todos e acompanha os percursos de cada um através de relatórios mensais feitos pelos 23 explicadores que trabalham na sua empresa. O resultado está à vista nas notas de final de ano.

Retrato

A Nota20 nasceu em 2006 com base num projecto final de pós-graduação em Comunicação e Imagem. A empresa trabalha com 25 explicadores que acompanham mais de 70 crianças. Os preços de explicações variam entre os 17euro e os 40euro por sessão. O negócio começou em casa, um investimento de 500euro. Mais informações em www.nota20.pt

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Foto: Paulo Spranger (Global/Imagens)

Fisco deteta erro em 10.000 declarações de IRS e exige devolução de 3,5 milhões

Foto: Paulo Spranger (Global/Imagens)

Fisco deteta erro em 10.000 declarações de IRS e exige devolução de 3,5 milhões

João Cadete de Matos, presidente da Anacom

Fotografia: Vítor Gordo/D.R.

Anacom “considera essencial” redução de preços no acesso à Internet

Outros conteúdos GMG
Nota20. Ensinar com uma visita virtual