blogue

O meu blog é o meu negócio: A cidade na ponta dos dedos

ng3134390

Sancha Trindade, 37 anos, é ambiciosa. “Pensar enorme para ter muito grande”, explica ao Dinheiro Vivo. A cara – a marca Sancha Trindade – por trás de outra – a do blog A cidade na ponta dos dedos – acredita que esse foi o mote para o crescimento da plataforma-blog que criou há sete anos (ainda que em formato diferente).

Siga o Dinheiro Vivo no Facebook e fique a par de todas as novidades dos Fazedores.

Sancha estudou História da Arte e criou o blog em março de 2006, acabada de chegar a Lisboa depois de uma temporada a viver em Amesterdão. A prataforma (siga A cidade na ponta dos dedos no Facebook) começou por ser uma janela dos olhos e das experiências que Sancha tinha na cidade onde vive.

No ano passado, decidiu fazê-la crescer, alargando o conceito da “saudade” e das sensações ao Porto, numa espécie de porta-estandarte da marca Portugal, sempre com “um registo lírico”, seu costume, como faz questão de dizer. Sancha diz que no blog não há posts pagos: como num qualquer outro site de informação, a publicidade tem lugar específico e a presença de marcas específicas é sempre reflexo de projetos e empresas com os quais se identifica. Por isso, Sancha assegura, tanto a parte editorial como a comercial e de marketing.

Entre os 12 mil leitores diários estão muitos portugueses espalhados pelo mundo que, acredita Sancha Trindade, veem na plataforma atlântica as novidades de um país-casa de que têm saudades.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
A ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho (D), e o secretário de Estado do Emprego, Miguel Cabrita (E). Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Salário mínimo de 635 euros? Dos 617 dos patrões aos 690 euros da CGTP

concertação

Governo sobe, sem acordo, salário mínimo até 635 euros em 2020

concertação

Governo sobe, sem acordo, salário mínimo até 635 euros em 2020

Outros conteúdos GMG
O meu blog é o meu negócio: A cidade na ponta dos dedos