Olivier: “Sempre quis ter um restaurante com a comida da minha avó”

Olivier abriu Honra na Praça da Figueira
Olivier abriu Honra na Praça da Figueira

Olivier abre hoje o seu quarto restaurante. Chama-se Honra e situa-se em
plena Praça da Figueira, “uma localização privilegiada para uma
experiência de comida, doçaria e pastelaria genuinamente portuguesas.”

Definido
como uma “homenagem à gastronomia nacional e às receitas tradicionais
da avozinha e da comida boa, motivo de orgulho e honra do povo
português”, Honra tem isso mesmo: pratos típicos ao almoço e ao jantar
e, durante a tarde, a pastelaria e a doçaria conventual, onde não faltam
também o Pastel de Nata d”Honra ou o Travesseiro d”Honra.

No
bar, o Honra tem cocktails inspirados nas mais características bebidas
lusas, como a ginja, amêndoa amarga, vinho do Porto ou o Licor Beirão.

Com
uma ementa dividida entre Entradinhas de Portugal, Peixes, Carnes,
Pratos do Dia e Sobremesas, o Honra está aberto de segunda a domingo,
com pequenos-almoços, almoços, jantares e serviço de cafetaria, servidos
num espaço com capacidade para 70 pessoas.

“Confesso que contei
com a minha avó, de 86 anos, que é a minha cozinheira preferida, para
ajudar a definir a ementa e a ensinar como se fazem as melhores Ervilhas
com Ovos Escalfados, só para dar um exemplo. Sempre quis ter um
restaurante com a comida da minha avó”, remata o restaurateur.

A decoração, assinada por Nini Andrade Silva, inspira-se no conceito de
uma figueira, o “grande elemento de destaque, composto pela
materialização do tronco da árvore”, define fonte do Honra, que não
revela valores de investimento.

Com o Honra, Olivier passa a deter quatro espaços gastronómicos totalmente
distintos em Lisboa, concentrados no eixo Avenida da Liberdade –
Praça da Figueira: Olivier Avenida (cozinha de autor e
fine-dining); Yakuza by Olivier (sushi de
inspiração mediterrânica); Guilty by Olivier (casual food with
a twist) e agora o Honra (comida de
portugueses), na Praça da Figueira, 16.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ana Catarina Mendes, líder parlamentar do PS. Fotografia:  Pedro Rocha / Global Imagens

PS quer acabar com vistos gold em Lisboa e no Porto

O ministro das Finanças, Mario Centeno. Fotografia ANDRÉ KOSTERS/LUSA

Finanças. Défice foi de 599 milhões de euros em 2019

João Paulo Correia, deputado do PS. MÁRIO CRUZ/LUSA

PS avança com aumento extra das pensões mas a partir de agosto

Olivier: “Sempre quis ter um restaurante com a comida da minha avó”