fazedores

PeekMed recebe luz verde para entrar nos EUA

startups

A startup obteve luz verde das autoridades dos EUA para que o seu software de preparação de cirurgias ortopédicas fique disponível em solo americano.

A startup portuguesa PeekMed, que tem uma solução que permite o planeamento de cirurgias ortopédicas, obteve autorização para entrar no mercado norte-americano. A solução criada pela empresa de Braga dá a oportunidade aos médicos de fazerem a preparação e o planeamento de uma cirurgia antes da sua concretização.

Para isso, foi desenvolvido um software que consegue criar um modelo 3D do osso em questão e também uma base de dados com os materiais médicos exigidos para as cirurgias, o que tem como resultado permitir que os médicos ensaiem a intervenção.

“Depois de ter obtido a certificação de classe I com função de medição na União Europeia, a PeekMed recebeu a autorização 510 da FDA [Administração de Drogas e Alimentos dos EUA]. Verifica a informação técnica, de segurança e desempenho do dispositivo médico, permitindo entrar no mercado norte-americano”, pode ler-se no comunicado.

João Pedro Ribeiro, CEO da PeekMed, defende, no documento, que é a obtenção da autorização para entrar no mercado norte-americano “é uma conquista incrível para a empresa na medida em que nós permite entregar o produto para o maior mercado do mundo. O nosso objetivo é fornecer o melhor sistema de planeamento pré-operativo para melhorar os resultados de 6,6 milhões de cirurgias que deverão ser realizadas em 2020”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fiadores tendem a ser idosos

Pensões sobem em janeiro entre 0,8% e 1,5%, com mínimo de 6 euros

Fotografia: Miguel Pereira/Global Imagens

Valor máximo do subsídio de desemprego sobe 16 euros em 2019

José Neves, CEO da Farfetch. Fotografia:  REUTERS/Toby Melville

Farfetch compra empresa de calçado desportivo por 250 milhões

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
PeekMed recebe luz verde para entrar nos EUA