programação

Pixels Camp junta mais de mil programadores em Lisboa

Fotografia: DR
Fotografia: DR

Além das palestras e da maratona de programação (hackaton), o Pixels Camp de 2017 irá contar com o concurso Launchpad, com 100 mil euros em prémios

Entre quinta-feira e sábado, Lisboa será a capital da programação. É no pavilhão Carlos Lopes que será realizada a segunda edição do Pixels Camp, um dos maiores eventos do ano dedicado ao digital e às tecnologias emergentes. Blockchain (Internet descentralizada), machine learning e inteligência artificial, cibersegurança, realidade virtual e realidade aumentada serão os principais temas abordados na edição deste ano do evento.

“O nosso desafio de um ano para o outro é encontrar sempre um fator novidade, apesar de termos um formato vencedor. Teremos os 1200 programadores mais talentosos de Portugal e do estrangeiro”, adianta Celso Martinho, da Bright Pixel, a incubadora e laboratório de startups do grupo Sonae responsável pelo evento.

Além das palestras e da maratona de programação (hackaton), o Pixels Camp de 2017 irá contar com o concurso Launchpad, “para ligar o mundo do empreendedorismo ao mundo do talento. Alguns dos programadores e criativos podem tornar-se empreendedores. Vamos trazer os desafios das grandes empresas para junto desta comunidade e perceber se eles podem pôr em cima da mesa ideias que estejam muito ligadas aos seus negócios e criação de empresas”.

Haverá um total de 100 mil euros em prémios para o Launchpad: 10 mil euros para o grande vencedor e 5 mil euros por cada desafio resolvido em áreas como retalho, telecomunicações, fintech, energia e saúde. Estes prémios serão acompanhados de apoio ao nível dos serviços e incubação.

Ao longo do Pixels Camp está também prevista a exibição de filmes durante a noite, por causa da parceira NOS. “Blade Runner” e “The Matrix” esta quinta-feira, seguidos por “Operação Swordfish” e “Interstellar” no dia seguinte. O Pixels Camp é organizado pela Bright Pixel em parceria com a Beta-i.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(Artur Machado / Global Imagens)

Dinheiro Vivo mantém-se líder digital dos económicos

(Artur Machado / Global Imagens)

Dinheiro Vivo mantém-se líder digital dos económicos

O ex-governador do Banco de Portugal (BdP), Vítor Constâncio, fala perante a II Comissão Parlamentar de Inquérito à Recapitalização da Caixa Geral de Depósitos e à Gestão do Banco, na Assembleia da República. TIAGO PETINGA/LUSA

Constâncio: Risco para a estabilidade no crédito a Berardo era “problema da CGD”

Outros conteúdos GMG
Pixels Camp junta mais de mil programadores em Lisboa