Investimento

Planet of Finance chega a Portugal de olhos postos nas start-ups

Este “marketplace” que liga investidores e oportunidades de investimento e ambiciona apostar 180 milhões em startups nacionais nos próximos anos.

O Planet of Finance, uma espécie de ponto de encontro (“market place” em inglês) entre investidores e oportunidades de investimento, vai ter representação em Portugal. A vinda para território nacional, conta o country manager, “integra-se numa estratégia de crescimento da plataforma, que já é o maior ‘marketplace’ que liga investidores, gestores e projetos de investimento”.

“Portugal tem um ecossistema de startups em crescimento” e um ambiente fiscal “atrativo” para os mais ricos, diz. “Reunir as melhores oportunidades de investimento disponíveis em Portugal com investidores internacionais e contribuir para levantar capital para as melhores ideias de investimento em Portugal é o objetivo do Planet Finance” no nosso país, acrescenta.

Os investidores que integram a Planet of Finance têm assim manifestado interesse sobre Portugal e existe a ambição de que sejam captados, ao longo dos próximos anos, cerca de 180 milhões de dólares para que possam ser investidos em projetos em Portugal. Contudo, o investimento estará dependente dos projetos que forem apresentados.

“O capital disponível por parte dos investidores tem vindo a crescer a um ritmo significativo. Desde janeiro de 2017 mais de mil milhões de dólares foram distribuídos através do Planet of Finance. Depende tudo do mérito do projeto de investimento e da sua capacidade para convencer os investidores. O nosso objetivo é ajudar as startups a alcançar esses investidores e facilitar os objetivos de levantamento de capital”, sublinha Nuno Rocha.

Mas nem só startups pode ser alvo de investimento por parte deste “marketplace”. PME, projetos na área da arte e imobiliário, entre outros, também poderão receber investimento. “O principal objetivo do Planet of Finance é tornar disponível para projetos portugueses o capital de investidores mundiais que, de outra forma, não considerariam Portugal como o um destino de investimento”, salienta o country manager.

“No atual mundo competitivo ser capaz de captar um euro de investimento é muito mais difícil do que há anos. Queremos capitalizar o destaque que Portugal está a ter atualmente e ser o canal para executar esses investidores”, remata.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

Pedro Queiroz Pereira

Pedro Queiroz Pereira deixa império de mil milhões

Pedro Queiroz Pereira, presidente do conselho de administração da Semapa

Semapa: “Mais do que um património, PQP deixa força e deixa valores”

Outros conteúdos GMG
Planet of Finance chega a Portugal de olhos postos nas start-ups