Plataforma portuguesa de música ganha Lisbon Investment Summit

Musiversal liga produtores a músicos e orquestras de renome e garante produção com custos 10 vezes mais baixos.

A plataforma portuguesa Musiversal conquistou o prémio de melhor startup na competição organizada durante a Lisbon Investment Summit. O resultado foi anunciado esta sexta-feira no encerramento desta cimeira de investimento, que decorreu nos últimos dois dias na Cordoaria Nacional, em Lisboa, e que foi organizado pela plataforma de inovação Beta-i.

A Musiversal é uma plataforma que une produtores e músicos. Neste momento, permite a marcação, através da Internet, de estúdios de gravação com uma orquestra com 30 membros por um preço mínimo de 99 euros. A empresa garante que esta solução torna a produção de música de qualidade por um décimo do preço praticado habitualmente.

"É um prémio muito importante para nós e que mostra o poder do ecossistema português", comentou André Miranda, fundador da startup, que recebeu o prémio das mãos de Pedro Rocha Vieira, líder da Beta-i, e de Luís Goes, administrador do programa de aceleração Grow, do grupo José de Mello.

A Musiversal, por ter conquistado este prémio, ganhou 1500 euros, terá a chance de entrar no programa de aceleração Grow e recebeu ainda quatro bilhetes para o festival de música Paredes de Coura.

A Lisbon Investment Summit juntou, nos últimos dois dias, mais de 200 investidores, 750 startups e ainda 400 executivos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de