Porto acelera startups tecnológicas e abre porta a Silicon Valley

Os 10 melhores projetos vão ter acesso a seis meses de incubação e apoio financeiro de cinco mil euros

As startups tecnológicas contam com um novo programa de aceleração que começa no Porto e que pode abrir portas a Silicon Valley. Estão abertas as inscrições para o Startup Porto Accelerator, projeto que associa a ANJE - Associação Nacional de Jovens Empresários - e o INESC TEC - Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência da Universidade do Porto.

"Estamos a construir um acelerador de referência internacional. Isso significa que vamos dar aos nossos founders o melhor que existe no ecossistema global em matéria de aceleração, mentoring e fundraising", assinala Rafael Alves Rocha, diretor de comunicação da ANJE, citado em comunicado.

Os programas de aceleração vão arrancar em abril e maio. As inscrições para o primeiro programa terminam a 10 de fevereiro e podem ser feitas a partir desta página.

Os 20 melhores projetos serão selecionados para um workshop de 16 horas; no final, serão escolhidas as 10 melhores startups, que vão entrar num programa de aceleração de sete semanas (252 horas) em que vão poder testar as ideias, definir modelos de negócio, avaliar as reações do mercado e desenhar estratégias para a captação de financiamento. O primeiro teste será feito no "Demo Day".

A terceira etapa é feita em duas partes: numa, um período de incubação em estruturas da rede da ANJE do INESC TEC entre maio e final de setembro; na outra, a entrada em Silicon Valley durante uma semana, com o acesso a um pacote de 12 horas de coaching com mentores locais e a possibilidade de marcar reuniões e realizar apresentações a potenciais parceiros, investidores, clientes e fornecedores.

Os melhores projetos vão ter ainda acesso a uma ajuda financeira de cinco mil euros e acesso a um programa vasto de serviços tecnológicos (Amazon Web Services, Micrososft Bizspark, entre outros). Ao todo, o prémio para os melhores projetos está avaliado em 17 mil euros.

 

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de