fazedores

Porto junta ecossistema de startups num mapa

Fotografia: DR.
Fotografia: DR.

Iniciativa da ScaleUp Porto reúne, para já, 300 startups e scaleups, 12 investidores, 14 incubadoras e aceleradoras e 23 espaços de trabalho.

Nasceu esta semana uma plataforma que reúne todas as informações sobre o ecossistema de empreendedorismo do Porto. Num só mapa, é possível saber quais as startups da região em destaque, as incubadoras e aceleradoras e ainda os espaços de trabalho que existem neste distrito. O projeto foi desenvolvido pela associação de apoio ao empreendedorismo ScaleUp Porto em parceria com a plataforma Dealroom.

“Com esta plataforma, o ScaleUp Porto reúne de forma automatizada e contínua toda a informação disponível publicamente sobre startups, scaleups, grandes empresas, investidores, incubadoras e aceleradoras da região num único local. Além da disponibilização da informação, a ferramenta permite ainda a aplicação de filtros de interesse para a pesquisa em curso, assim como apresenta ferramentas de visualização de informação e análise de tendências”, destaca a organização em nota de imprensa divulgada na quinta-feira.

Para já, estão integradas na plataformas “mais de 300 startups e scaleups, 12 investidores, 14 incubadoras e aceleradoras e 23 espaços de trabalho da região”. Mas também é possível encontrar alguma informação sobre rondas de financiamento, vendas de empresas e ainda um gráfico com as áreas que reuniram maiores investimentos desde 2013. Esta ferramenta permite ainda a aplicação de filtros de interesse para a pesquisa em curso, assim como apresenta ferramentas de visualização de informação e análise de tendências.

Leia mais: Porto vai receber um dos maiores festivais de tecnologia do mundo

O Porto foi considerado em 2018 o terceiro ecossistema tecnológico com maior crescimento europeu, de acordo com o relatório The State of European Tech, elaborado pelo fundo de capital de risco Atomico.

 

A cidade Invicta tem crescido nos últimos anos como um dos maiores polos tecnológicos de Portugal, atraindo o investimento de multinacionais como por exemplo Euronext, Farfetch e Vestas. Também é uma das cidades onde mais têm nascido startups, em parceria com a universidade do Porto, ligação que já vale pelo menos 190 milhões de euros.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Foto:  EPA/ANDY RAIN

Sem acordo pós-brexit, Portugal pode exportar menos cerca de 300 milhões

marcelo

Marcelo admite possível “problema europeu” mas sem fecho de fronteiras

Foto: D.R.

PSI20 cai 2,28%. Perdas na Europa continuam devido ao coronavírus

Porto junta ecossistema de startups num mapa