Portugal Blue lança primeiro fundo de investimento que vai apostar em startups focadas nos oceanos e ação climática

O fundo Faber Blue Pioneers Fund vai investir nas fases iniciais, desde o pre-seed até à série A, de startups sobretudo oriundas de Portugal e do Sul da Europa focadas na sustentabilidade dos oceanos e ação climática.

A Portugal Blue - entidade que resulta da parceria entre o FEI - braço de capital de risco do Grupo Banco Europeu de Investimento (BEI) -, o Banco Português de Fomento (BPF) e o Governo Português, através do Fundo Azul - lançou o primeiro fundo de investimento em startups.

O fundo Faber Blue Pioneers Fund, de acordo com o comunicado enviado às redações, vai investir em startups "globais de alto potencial" que se encontrem em fases iniciais - desde o pre-seed até à série A - que tenham principalmente origem em Portugal e no Sul da Europa. As empresas para puderem ser elegíveis para este tipo de financiamento têm que ter como objetivo soluções que tenham um impacto positivo na sustentabilidade dos oceanos e ação climática.

"O fundo visa um montante total de 30 milhões de euros, incluindo financiamento do Portugal Blue, bem como compromissos privados de investidores institucionais com uma estratégia de impacto, como a Sociedade Francisco Manuel dos Santos (através do seu braço de investimento Movendo Capital), a Fundação Calouste Gulbenkian e a Fundação Champalimaud. O fundo Faber Blue Pioneers tem a ambição de investir num portfólio de 20-25 empresas em fase inicial", diz a Portugal Blue em comunicado.

O Faber Blue Pioneers será gerido pela Faber Capital SCR, que vai trabalhar em colaboração com "uma rede de especialistas, incluindo o conselheiro estratégico Tiago Pitta e Cunha (CEO da Fundação Oceano Azul) e as conselheiras científicas Susana Moreira e Joana Moreira da Silva (Investigadores de Ciência e Inovação do Ciimar), entre outros cientistas e especialistas do setor".

"Estamos muito entusiasmados com este primeiro investimento do Portugal Blue, que marca uma nova fase de maturidade dos instrumentos de financiamento à disposição da economia azul. Acredito que esta parceria terá um papel fundamental na dinamização de alguns dos mais promissores setores e projetos da Economia Azul em Portugal", afirma em comunicado o ministro do Mar, Ricardo Serrão Santos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de