fazedores

Portugal deixa concurso Chivas Venture por um ano

Hugo Menino Aguiar, fundador do Speak, durante a apresentação no final do concurso Chivas Venture, em Amesterdão. (DR)
Hugo Menino Aguiar, fundador do Speak, durante a apresentação no final do concurso Chivas Venture, em Amesterdão. (DR)

Depois de ter alcançado a melhor participação de sempre em 2019, Portugal estará ausente de um dos maiores concursos de inovação social do mundo.

Portugal está fora da próxima edição do concurso de inovação social Chivas Venture. A decisão foi comunicada pela organização do evento na semana passada e deve-se ao facto de o ecossistema português necessitar de maior maturidade na área do empreendedorismo social. A ausência de Portugal acontece depois de o país ter alcançado, este ano, o melhor lugar de sempre nesta competição.

“Decidimos não avançar com o Chivas Venture este ano pois consideramos que está na altura de parar e dar espaço para as startups de empreendedorismo social se desenvolverem mais em Portugal. As startups com foco no empreendedorismo social são ainda de evolução lenta, pelo que sentimos que precisamos de dar espaço para que estes se desenvolvam para que num próximo ano possamos ter mais candidaturas, mais focadas nesta vertente”, justificou fonte oficial da Pernod Ricard Portugal, dona da Chivas, ao Dinheiro Vivo.

Em 2019, Portugal conseguiu o terceiro lugar no Chivas Venture graças ao projeto Speak, que promove línguas e culturas de forma informal em várias cidades europeias. Graças a este desempenho, esta startup arrecadou 110 mil dólares em financiamento.

A Pernod Ricard entende que esta “decisão estratégica” de tirar Portugal do concurso por um ano “não terá um impacto negativo na marca, mas sim contribuirá para o sucesso do Chivas Venture num próximo ano dado que o objetivo é recrutarmos posteriormente novas startups que se desenvolvam neste próximo ano”.

O concurso Chivas Venture atribui, anualmente, um milhão de dólares em financiamento para as startups de 20 países em todo o mundo. Lançado em 2015, este concurso já teve um “impacto positivo em cerca de um milhão de pessoas”, segundo os dados da organização.

O Dinheiro Vivo acompanhou, ao vivo, este concurso, na edição de 2019. Pode recordar tudo o que se passou através deste artigo – Speak garante terceiro lugar para Portugal no concurso Chivas Venture

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: ANTÓNIO CARRAPATO/LUSA

Maior credor de Portugal:juros baixos são temporários em países com rating fraco

O ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: ANTÓNIO CARRAPATO/LUSA

Maior credor de Portugal:juros baixos são temporários em países com rating fraco

Abhijit Banerjee, Esther Duflo e Michael Kremer vencem Nobel da Economia

A grande eficácia das pequenas coisas

Outros conteúdos GMG
Portugal deixa concurso Chivas Venture por um ano