empreendedorismo social

Portugal pela primeira vez na final do concurso Chivas Venture

Hugo Menino Aguiar, fundador da Speak. Fotografia: Ana Viotti
Hugo Menino Aguiar, fundador da Speak. Fotografia: Ana Viotti

Projeto Speak é um dos cinco finalistas do concurso mundial de empreendedorismo social. Pode ganhar 900 mil dólares.

Portugal está pela primeira vez na final do concurso de empreendedorismo social Chivas Venture. A proeza foi conseguida esta quarta-feira pelo Speak, o projeto informal de partilha de idiomas e de culturas. Por ser um dos cinco finalistas, este projeto pode ganhar na quinta-feira o principal prémio deste concurso: 900 mil dólares (803 mil euros). A grande final vai realizar-se na conferência The Next Web (TNW), um dos maiores eventos na Europa dedicados ao empreendedorismo.

O Speak vai concorrer com os projetos Syntoil (Polónia), que reutiliza vários componentes de pneus usados; Xilinat (México), que transforma desperdícios agrícolas em produtos substitutos de açúcar com menos calorias e válidos para diabéticos; Tykn (Holanda), que recorre à tecnologia blockchain para que os imigrantes possam aceder a ajuda humanitária; e ainda Copia (Estados Unidos), que desenvolveu uma aplicação móvel para ajuda os empresários a medir e a doar as sobras de alimentos em troco de uma compensação financeira.

O primeiro prémio será atribuído por um júri constituído pela atriz e empreendedora Zoë Saldaña; a diretora-geral do centro de impacto social e inovação Beeck, Sonal Shah; o chairman e presidente executivo do grupo Pernod Ricard, Alexandre Ricard; e ainda Cemal Ezel, fundador da startup Change Please, que ganhou a edição de 2018 do concurso Chivas Venture com um projeto em Inglaterra que treina pessoas sem-abrigo para se tornarem em baristas, pagando-lhes o salário mínimo britânico, dando-lhes habitação e ainda apoiá-los em futuros empregos.

Portugal participa pela quarta vez no concurso Chivas Venture mas nunca tinha chegado tão longe nesta competição: até agora, o melhor resultado tinha sido alcançado em 2016 por Miguel Neiva, o fundador do projeto ColorAdd, o sistema de identificação de cores para daltónicos.

Lançado em 2015, o concurso Chivas Venture já teve um “impacto positivo em cerca de um milhão de pessoas”, segundo os dados da organização.

Leia mais: Speak quer ajudar imigrantes e refugiados na Europa a aprender línguas

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (D), agraciou o empresário, Alexandre Soares dos Santos (E), com a Ordem de Grã-Cruz de Mérito Empresarial, no Palácio de Belém, em Lisboa, 20 de abril de 2017. 

Fotografia: PAULO NOVAIS/LUSA

Morreu Alexandre Soares dos Santos, o senhor Jerónimo Martins (1934 – 2019)

Alexandre Soares dos Santos

Soares dos Santos: Momentos marcantes da sua liderança

ng3091740

O dono do Pingo Doce sobre o Estado, a crise e a Europa

Outros conteúdos GMG
Portugal pela primeira vez na final do concurso Chivas Venture