Portugal tem uma "Netflix" para promover a participação cívica

T-Academy reúne cursos gravados, quizzes, workshops ao vivo, conversas sobre experiências na primeira pessoa, documentos para se descarregar e interação com oradores e formadores.

Portugal tem uma "Netflix" para promover a participação cívica. O movimento de empreendedorismo Transformers criou uma plataforma virtual para incentivar os jovens e adultos a estarem mais ativos na sociedade mesmo em época de pandemia, segundo o comunicado de imprensa divulgado nesta segunda-feira.

Designada de T-Academy, a plataforma reúne conteúdos como cursos cursos gravados, quizzes, workshops ao vivo (com gravação disponível posteriormente na plataforma), conversas sobre experiências na primeira pessoa, documentos para se descarregar e interação com oradores e formadores

"Percebemos que, estando nós todos em casa, era urgente repensar a metodologia dos nossos projetos de atuação nas comunidades. Durante as duas primeiras semanas de quarentena, na primeira vaga, chegámos a mais de 10.000 pessoas online - entre workshops e lives nas redes sociais - e decidimos alargar o feito e criar uma escola de cidadania ativa online", afirma Inês Alexandre, CEO do Movimento Transformers, citada no documento.

Educação para a Cidadania, descoberta de talentos e colaboração são os temas já disponíveis. Nos próximos meses, serão mostrados tópicos como voluntariado, ativismo e direitos humanos. A mensalidade da T-Academy custa 9,99 euros e, além dos conteúdos, permite tirar notas diretamente no perfil online assim como entrar em contacto com formadores e especialistas de várias áreas.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de