Portugal Ventures

Portugal Ventures. Acionistas aprovam Rita Marques

Fotografia: página do Facebook da Porto Business School
Fotografia: página do Facebook da Porto Business School

Diretora executiva da Porto Business School vai suceder a Celso Guedes de Carvalho na presidência da sociedade pública de capital de risco.

Rita Marques é a nova presidente do conselho de administração da Portugal Ventures (PV). O nome da diretora executiva de MBAs e Pós-Graduações da Porto Business School foi aprovado em assembleia-geral esta quinta-feira, no Porto, apurou o Dinheiro Vivo. Rita Marques sucede a Celso Guedes de Carvalho na presidência da sociedade pública de capital de risco.

O mandato de Celso Guedes de Carvalho como CEO da capital de risco pública terminou a 31 de dezembro do ano passado. E a escolha da tutela (ministério da Economia e secretaria de Estado da Indústria) para lhe suceder recaiu sobre a diretora executiva de MBAs e Pós-Graduações da Porto Business School, que desenvolveu alguns trabalhos de consultoria, junto de entidades públicas e privadas, em áreas como inovação, financiamento público, internacionalização e investimento direto estrangeiro.

A escolha de Rita Marques, antes da assembleia-geral, terá sido validada em parecer emitido pela CReSAP (Comissão de Recrutamento e Seleção para a Administração Pública), que tem por missão avaliar os candidatos a cargos de direção e gestão de topo na administração pública.

A administração da capital de risco vai ainda contar com Rui Pedro Soares Ferreira – consultor de diversas entidades sobre financiamento, reestruturações, fusões e aquisições de PME e CFO do SharkTank Portugal até ao ano passado – e Pedro de Melo Breyner – gestor com várias décadas de experiência na área do turismo – de acordo com o comunicado da PV, enviado às redações.

A Portugal Ventures nasceu em junho de 2012, fruto da fusão de três empresas públicas de capital de risco e ‘private equity’ – a AICEP Capital Global, o InovCapital e o Turismo Capital.

O primeiro presidente da Portugal Ventures foi José Epifânio da Franca. Marco Fernandes sucedeu-lhe em 2015 e, no final de maio de 2016, Celso Guedes de Carvalho assumiu os comandos da sociedade. Agora, os destinos da capital de risco devem passar a ser conduzidos por Rita Marques.

Nas últimas semanas, a Portugal Ventures realizou a venda de participações em startups como a B-Guest e a GuestU ao grupo Nonius e da ShiftForward aos norte-americanos da Velocidi.

(Notícia atualizada às 15:27 com a composição dos restantes membros do conselho de administração)

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

Rua de Santa Catarina, no Porto. (Pedro Correia/Global Imagens)

“Selo do carro”: Governo aplica desconto para travar forte subida de preços

JOÃO RELVAS/LUSA

Costa explica amanhã orçamento aos deputados do PS

Outros conteúdos GMG
Portugal Ventures. Acionistas aprovam Rita Marques