capital de risco

Portugal Ventures lança Call For MVP

Startups

A capital de risco lançou a Call For MVP. Analise dos produtos terá em conta se o produto tem as características necessárias para chegar ao mercado

A Portugal Ventures, sociedade pública de capital de risco, lança a Call For MVP. Em comunicado, a capital de risco, explica que, na análise dos projetos submetidos à “Call For MVP será privilegiada a orientação do investimento para a valorização de um MPV (Mínimo Produto Viável), de modo a que o produto tenha as mínimas características necessárias para ser inserido no mercado, nas áreas de Digital (Enterprise, Cibersecurity, Networks, Artificial Intelligence, AR/VR, Marketplaces, Blockchain e IoT) e Engineering & Manufacturing (New Materials, Electronics, Robotics, Cleantech, Agrotech, SeaTech)”.

Vão ser considerados elegíveis os projetos que sejam “baseados em inovações distintivas e únicas, que já tenham desenvolvido um protótipo funcional e com, ainda que preliminar, feedback do mercado. Numa fase posterior, o objetivo passa por ajustar esse protótipo às necessidades de mercado e por desenvolver o respetivo modelo de negócio”.

Os projetos deverão ser promovidos por empresas “constituídas, localizadas nas regiões Norte, Centro e Alentejo, em fase seed, startup ou early stage, que não tenham até ao momento do investimento 3 exercícios completos desde a data de início de atividade, ou por empresas localizadas na região do Alentejo em fase de desenvolvimento (second Round) de novos produtos e/ou serviços, com foco na inovação”.

Os projetos que forem selecionados para investimento podem receber um apoio cujo montante mínimo é de 300 mil euros. Todavia, o financiamento pode “ascender a um milhão de euros” sendo necessário para isso “acompanhamento próximo da equipa da Portugal Ventures na gestão e nas decisões estratégicas, aconselhamento por especialistas, nacionais e internacionais, com experiência acumulada no desenvolvimento do negócio e da partilha de uma vasta rede de contactos, em Portugal e no estrangeiro, para potenciação de oportunidades de negócio e angariação de capital em futuras rondas”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
José Vieira da Silva, ministro do Trabalho, e Mário Centeno, das Finanças. Fotografia: Mário Cruz/Lusa

Salário mínimo português é o nono mais baixo da Europa em poder de compra

Mario Draghi, presidente do Banco Central Europeu.  (EPA/RONALD WITTEK)

Compras do BCE chegam ao fim. Portugal ficou no fundo da lista

casas de lisboa

Moody’s. Há risco de irrealismo no preço das casas em Lisboa e Porto

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Portugal Ventures lança Call For MVP