capital de risco

Celso Carvalho é novo CEO da Portugal Ventures

Ex-líder da Incubadora de empresas da Universidade de Aveiro sucede a Marco Fernandes na direção da capital de risco pública.

Celso Guedes de Carvalho é o novo CEO da Portugal Ventures, sabe o Dinheiro Vivo. O antigo diretor da IEUA, a Incubadora de Empresas da Universidade de Aveiro, sucede a Marco Fernandes, que tinha assumido a direção da capital de risco do estado em junho de 2015.

Aos 44 anos, Celso Guedes de Carvalho esteve envolvido em projetos em vários sectores e foi empreendedor, consultor, formador e mentor em projetos. Liderou uma agência de comunicação e imagem e as relações institucionais da Casa da Música, no Porto, antes de ter sido convidado a liderar a incubadora de startups aveirense, em parceria estreita com a Universidade de Aveiro. Agora, sucede a Marco Fernandes na liderança da sociedade capital de risco do Estado.

Criada em 2012, a Portugal Ventures foi criada para gerir o capital de risco público. Na altura, a sociedade tinha 140 milhões de euros disponíveis para investir em projetos de empreendedorismo ou que promovessem as exportações e planos para apoiar cerca de 130 projetos por ano. A escolha de Celso Guedes de Carvalho estará integrada no programa da Startup Portugal de estreitar as relações entre as startups e as universidades.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
lisboa casas turismo salarios portugal

Taxa de juro do crédito à habitação cai para 1%

Lisboa, 18/02/2020 - Plenário da Assembleia da República - Debate quinzenal com o primeiro ministro.
Primeiro Ministro António Costa com os restantes ministros que compõem o governo.
Jerónimo de Sousa - PCP
(Leonardo Negrão / Global Imagens)

Jerónimo avisa Costa que “sem aumentos salariais” os “problemas vão aumentar”

O ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos (C), acompanhado pelo ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno e pelo presidente da CP, Nuno Freitas (E), na assinatura do contrato de serviço público entre o Estado e a CP, na Estação do Rossio, em Lisboa, 28 de novembro de 2019. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

CP escapa a multas por atraso no contrato de serviço público

Celso Carvalho é novo CEO da Portugal Ventures