Portuguesa Rely.io capta 2 milhões para melhorar qualidade do software das empresas

Ronda de investimento liderada pelo fundo sueco J12 Ventures vai permitir à ex-Detech.ai desenvolver as suas ferramentas de Site Reliability Engineering (SRE).

A portuguesa Rely.io, anteriormente designada Detech.ai, anunciou esta quinta-feira a angariação de dois milhões de euros numa ronda de investimento seed, liderada pelo fundo sueco J12 Ventures, na qual participaram também a Shilling Capital Partners, a Techstars NYC e investidores privados da Google, Datadog e Scaleway.

O novo capital vai permitir à startup, que criou uma plataforma de Inteligência Artificial para deteção autónoma e uma análise preditiva de anomalias e incidentes em tempo real para garantir a fiabilidade dos sistemas, desenvolver o seu conjunto de ferramentas, bem como integrar o recurso de colaboração em equipa e catálogos de produtos.

A par, o financiamento servirá ainda para "apoiar o desenvolvimento em torno de modelos SLI melhorados, SLOs-as-Code, a descoberta autónoma de SLO e funcionalidades de gestão de incidentes", explica a organização, em comunicado.

"O nosso objetivo é ser a plataforma de Site Reliability Engineering (SRE) mais fácil de usar e capacitar as empresas para adotarem de forma simples e rápida práticas SRE", diz José Velez, CEO da Rely.io, citado em comunicado. Ao fazê-lo, finaliza o responsável, as organizações conseguirão "garantir a fiabilidade dos seus sistemas".

Fundada em 2020, por José Velez e Tiago Mendes Marques, a ex-Detech.ai já tinha angariado 600 mil dólares (cerca de 621 mil euros) numa ronda pre-seed, em que participaram as Techstars, TheVentureCity e Shilling VC.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de