financiamento

Portuguesa Talkdesk levanta mais 6 milhões de dólares na Série A

Empresa tinha conseguido primeira ronda de financiamento na Série A em junho.
Empresa tinha conseguido primeira ronda de financiamento na Série A em junho.

A <a href="http://www.talkdesk.com/" target="_blank">Talkdesk</a>, empresa portuguesa dedicada ao desenvolvimento e venda de software para call centers, acaba de anunciar que angariou mais 6 milhões de investimento na <strong>Série A</strong>, que se juntam aos 15 milhões já anunciados em junho passado. Este ano, a empresa angariou um total de 21 milhões de dólares de investimento, qualquer coisa como 18,6 milhões de euros na série que constitui a primeira ronda de financiamento a partir de capital de risco.

Num post publicado no blog da empresa, a Talkdesk anuncia que, além de ter angariado mais 6 milhões de dólares de um fundo de investimento estratégico liderado pela Salesforce Ventures, a DFJ e a Storm Ventures, a notícia traz outra novidade: a partir de agora, a Talkdesk é parceira da Salesforce, empresa americana de software on demand, mais conhecida por ter produzido o CRM (Customer Relationship Management) com o seu nome. “A funcionalidade adquirida com esta integração profunda beneficia um grande número de clientes nossos, incluindo empresas como a Box e Audibene. As empresas podem escolher usar o CTI Integration dentro do Salesforce ou a partir do próprio interface da Talkdesk“, explica Tiago Paiva, co-fundador da Talkdesk, no post publicado no blog.

A integração da Salesforce, garante Paiva, poderá trazer novas oportunidades à empresa e aos seus clientes. “Combinando as capacidades do software de call center da Talkdesk com o CRM da Salesforce, os agentes garantem que têm os dados necessários para informar de forma personalizada e efetiva os seus clientes“.

A empresa quer continuar a expandir a atividade e a transformar o mercado ligado aos softwares usados nos call centers, que vale mais de 20 mil milhões de dólares.

A Talkdesk, lançada no TechCrunch Disrupt em 2012, conta com mais de 100 empregados e tem, atualmente, sede em São Francisco. Os lucros crescem a um ritmo de 10 vezes, ano após ano. Entre os principais clientes da empresa estão negócios como Box, DoorDash, Anki and Edmunds.com.

A ronda de investimento captado pela empresa em junho veio um fundo de capital de risco liderado pela DFJ – que já investiu em empresas como o Twitter, o Tumblr e o Skype – e que contou também com a participação de um investidor já existente, a Storm Ventures.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Gerardo Santos/Global Imagens

Saídas para a reforma disparam 43% na função pública

covid-19 portugal corona virus

Emprego público sobe 0,9% com contratações da saúde e oficinas da CP

A ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Mariana Vieira da Silva TIAGO PETINGA/POOL/LUSA

Prorrogada situação de contingência em Portugal continental até 14 de outubro

Portuguesa Talkdesk levanta mais 6 milhões de dólares na Série A