Portugueses abrem fábrica de doces no Rio para abastecer hotéis

Rodrigo e os sócios
Rodrigo e os sócios

No complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, há um novo negócio a agitar o mercado de trabalho. Os portugueses Rodrigo Castelão e Luís Santos juntaram-se aos brasileiros Adailto Fonseca e Diego Dias e criaram a Arte Conventual, uma empresa de produção e distribuição de pães e bolos especializada em doçaria conventual portuguesa.

Siga o Dinheiro Vivo no Facebook e conheça mais histórias de Fazedores.

“Começámos a entender que no mercado da hotelaria havia espaço para um negócio deste tipo, muito ligado ao segmento da confeitaria. Havia uma tendência e quisemos criar um diferencial de produto”, explica Rodrigo, ao telefone com o Dinheiro Vivo.

A experiência de três dos quatro sócios nos hotéis da rede Pestana facilitou os contactos e os estudos do mercado hoteleiro do Rio de Janeiro. O investimento, só em capitais próprios – e que os sócios não revelam -, permite produzir todos os dias mais de seis mil unidades de pães e bolos. O número deve ser duplicado ainda no primeiro trimestre do próximo ano: a Arte Conventual quer ter uma oferta tão completa para o Sul do Rio como já tem no Norte, “com um enorme potencial de crescimento”. E por isso preparam-se para abrir a nova unidade de produção em Rio Comprido, no centro da cidade. “Todo o investimento é questionado e todo o dinheiro que investimos tem de ser convertido em produto. Só assim investimos”, sublinha Rodrigo.

Os pastéis de Tentúgal e os pastéis de nata da Arte Conventual já chegaram aos hotéis Pestana, Caesar, Golden Tulip e Novo Mundo. Nos planos a médio prazo está a criação de uma loja da marca. Mas sem pressas, assegura Rodrigo. Afinal, “doçaria é um produto de que todo o mundo gosta”.

A escolha do local da fábrica esteve relacionada com o controlo de custos e com a função social a que os donos da Arte Conventual querem ser associados: além dos quatro sócios, cada um dos seis trabalhadores da empresa vêm da favela que, há bem pouco tempo, era um sítio proibido da cidade maravilhosa. Siga a Arte Conventual no Facebook.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Gerardo Santos/Global Imagens

Saídas para a reforma disparam 43% na função pública

Foto: DR

EDP flexibilizou pagamento de faturas no valor de 60 milhões de euros

Carteiros

CTT vão entregar cartão de cidadão em casa. Piloto arranca em Oeiras

Portugueses abrem fábrica de doces no Rio para abastecer hotéis