Portugueses que criam humanos digitais recebem mais um milhão de investimento

Com esta injeção de capital, a empresa prepara-se para contratar mais oito pessoas - passando a contar com uma equipa de 35 elementos.

A startup portuguesa Didimo captou mais um milhão de euros de investimento. A plataforma nascida no Porto voltou a atrair capital externo graças ao sistema que cria versões digitais de alta fidelidade de qualquer ser humano, segundo o anúncio feito esta terça-feira em comunicado.

A sociedade de capital de risco Armilar Ventures Partners liderou esta operação, que contou também com investidores portugueses como a Bright Pixel e a PME Investimentos, em colaboração com o fundo de co-investimento 200M. Foi a primeira vez que as três entidades investiram na Didimo. Até agora, a startup do Porto tinha acumulado um financiamento externo superior a 7,2 milhões de euros.

Com esta injeção de capital, a empresa prepara-se para contratar mais oito pessoas - passando a contar com uma equipa de 35 elementos - e ainda vai lançar uma aplicação para os sistemas operativos iOS e Android. No final de 2020, esta startup ambicionava chegava aos 40 trabalhadores, conforme escreveu na altura o Dinheiro Vivo.

“Voltar a atrair capital representa um enorme incentivo para a equipa e prova que a nossa missão de derrubar as barreiras entre os mundos físico e digital é relevante para o mercado. Vamos continuar a trabalhar para devolver a humanidade às interações digitais”, assinala a líder e fundadora da Didimo, Veronica Orvalho, citada em comunicado de imprensa.

Incubada no polo de Leça da Palmeira do UPTEC, o Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto, a Didimo ganhou tração por criar humanos digitais. Cada Didimo (‘gémeo’ em grego) é criado em apenas 20 segundos.

Com uma simples selfie. podemos transformar-nos na nossa versão virtual animada com uma fidelidade incomparável na indústria de modelação em três dimensões e sem precisarmos de conhecimentos de engenharia ou de arte. Podemos experimentar esta solução através de uma aplicação em fase de testes, chamada Didimo Xperience e que pode ser descarregada para qualquer smartphone com sistema operativo Android ou iOS.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de