Prémio Nacional Indústrias Criativas Super Bock Serralves

Prémio Nacional Indústrias Criativas: Um destes 10 pode ser o vencedor

Weso venceu a 6ª edição, em 2014.
Weso venceu a 6ª edição, em 2014.

Os projetos <a href="http://stillurbandesign.com/" target="_blank">STILL urban design</a>, Stallo, <a href="http://ppl.com.pt/en/causas/cross-hands-team" target="_blank">Cross Hands Architecture</a>, <a href="http://ecobook.pt/" target="_blank">Ecobook</a>, Sistema Gomos, <a href="https://www.facebook.com/pages/Arumis/762027950503193" target="_blank">Arumis</a>, Spranger, Here Comes the Robots, <a href="http://www.rewindcitieslisbon.com/" target="_blank">Rewind Cities</a> e <a href="http://www.miss-can.com/" target="_blank">Miss Can</a> são os finalistas que concorrem à 7ª edição do <a href="https://www.facebook.com/PremioIndustriasCriativas" target="_blank"><strong>Prémio Nacional Indústrias Criativas Super Bock/Serralves</strong></a>.

A lista de dez finalistas foi escolhida de entre as 211 candidaturas à edição deste ano. Os finalistas foram divididos e escolhidos de acordo com categorias distintas: em Arquitetura e Artes Visuais, a categoria que mais candidaturas recebeu, a Still Urban Design aborda o clima como elemento de projeto, de forma a permitir usar os locais durante todo o ano, reduzindo o consumo energético. Por sua vez, a Cross Hands Architecture é um ateliê de arquitetura com caráter humanitário que procura soluções para responder rápida e eficazmente às consequências de catástrofes, guerras ou pobrezas, combatendo a falta de habitação.

Já o Sistema Gomos pretende implementar um sistema de construção modular de edifícios flexíveis e evolutivos que se destacam pelo baixo consumo energético e sobretudo pela facilidade de instalação: cada módulo sai da fábrica completamente pronto, incluindo todos os acabamentos interiores e exteriores e peças de mobiliário fixas.

Ainda na mesma categoria, a Stallo reaproveita garrafas de vidro, transformando-as em copos e cálices originais e diferenciadores, usando para o efeito um pedestal de cerâmica vidrada e a EcoBook, uma readaptação do típico quadro branco, cuja história o Dinheiro Vivo contou aqui.

Leia mais: Indústrias Criativas. O prémio da inovação é poder crescer acompanhado

A Arumis, que pretende melhorar a experiência dos espectadores de cinema e dar aromas ao público, e a Spranger, dedicada ao desenvolvimento de um novo tipo de auscultadores que incorpora um sensor de pressão e entram em modo pausa quando são retirados das orelhas, são os dois finalistas na categoria de Música e Artes do Espetáculo.

Em Conteúdos e Novos Media, mais dois candidatos integram a lista do Prémio Nacional Indústrias Criativas Super Bock/Serralves: a Here Come the Robots cria robôs como facilitadores da relação entre pessoas e máquinas; já a Rewind Cities desenvolve aplicações móveis com base em tecnologia em realidade aumentada promovendo experiências em 2D e 3D.

Na categoria de Turismo e Património, destacou-se apenas um finalista: o projeto Miss Can recupera uma herança de família com design moderno.

Os finalistas, que entram agora num programa de imersão ao empreendedorismo, concorrem a um prémio de 25 mil euros. O escolhido, que será anunciado em julho, representará Portugal no evento mundial Creative Business Cup, na Dinamarca.

Em sete edições, o Prémio Nacional Indústrias Criativas Super Bock/Serralves já avaliou mais de 1700 projetos e apoiou mais de 60 que geraram mais de 200 postos de trabalho. Em 2014, o projeto da orquestra WESO saiu vencedor do prémio.

Leia mais aqui: WESO. Uma orquestra pronta para qualquer parte do mundo

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
António Costa Silva partex

Costa Silva. Um astronauta ao contrário para remexer a fundo no país?

TIAGO PETINGA/LUSA

António Mexia recusou responder ao juiz Carlos Alexandre no caso EDP

Pedro Siza Vieira, ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital,. Foografia: Manuel de Almeida / LUSA

Siza Vieira. Há 46 mil empresas com pedidos de lay-off renovados

Prémio Nacional Indústrias Criativas: Um destes 10 pode ser o vencedor