Coronavírus

Preserve os negócios locais com este voucher

Café Guarany, no Porto.
(Artur Machado / Global Imagens)
Café Guarany, no Porto. (Artur Machado / Global Imagens)

Vouchers permitem dar a liquidez necessária para a sobrevivência de restaurantes, cafés, mercearias e espaços culturais.

Há um voucher que pode salvar os negócios locais. O projeto Preserve permite que cada português ajude a contrariar as quebras de receita dos negócios locais por todo o país, causadas pelo encerramento de forma a evitar a propagação pelo novo coronavírus (Covid-19). A plataforma foi lançada esta segunda-feira e conta com o apoio da instituição de pagamento euPago, que prescindiu de parte das comissões.

Através da página do projeto Preserve, é possível adquirir voucher online, que depois poderão ser utilizados pelos compradores quando os negócios retomarem a normalidade. A compra destes vouchers é crucial para mandar a liquidez de pequenos negócios como restaurantes, cafés, mercearias e espaços culturais.

A página do projeto Preserve também serve para os pequenos negócios inscreverem-se de forma gratuita.

Entre os parceiros do projeto, estão já a Associação Comercial de Braga, a Associação Comercial Distrito de Évora, a Associação Comercial do Porto, a Pro.var – Promover e Inovar a Restauração Nacional, a Associação Comercial e Industrial de Évora, a Associação Empresarial de Viana do Castelo e a Edições do Gosto.

“A pandemia e a situação de emergência que hoje vivemos está a ser particularmente difícil para negócios locais, principalmente nos setores de hotelaria e restauração, e é nestes momentos que se vê a fibra das pessoas, da sociedade e de um país. A Preserve surge com o objetivo de possibilitar a transmissão de energia de uma comunidade pronta a ajudar quem mais precisa. Para tal, contamos com o esforço de dezenas de voluntários que estão a passar noites, fins de semana e tempos livres a trabalhar por uma boa causa”, destaca Ricardo Gonçalves, responsável pelo projeto, citado em nota de imprensa.

O Preserve é um dos mais de 30 projetos nascido no âmbito do movimento Tech4Covid19, que reúne mais de 4000 membros da comunidade tecnológica portuguesa, entre startups e tecnológicas.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Gerardo Santos/Global Imagens

Economia portuguesa afunda 16,3% entre abril e junho

Visitantes na Festa do Avante.

Avante!: PCP reduz lotação a um terço, só vão entrar até 33 mil pessoas por dia

covid 19 portugal casos coronavirus DGS

Mais 235 infetados e duas mortes por covid-19 em Portugal. Números baixam

Preserve os negócios locais com este voucher