empresários

Punch. A revista recém-nascida ganhou um prémio de empreendedorismo

João e Miguel criaram a Punch em Julho
João e Miguel criaram a Punch em Julho

Era uma vez um blog. No sentido literal. Porque o blog…já era. Agora,
é uma revista. João Pacheco (23) e Miguel Leite (24) tinham um blog de música.
Mas o crescimento foi tão rápido que decidiram apostar numa alternativa
mais profissional: criaram uma revista online de música.

A Punch está online desde 1 de Junho e conta com 1500 utilizadores, que
lêem a revista diariamente. “É uma alternativa ao que existe em termos
de informação musical, em Portugal. Queremos divulgar novos projectos,
concentrando-nos no público português.”, explica Miguel Leite.

A formação em comunicação ajudou na divulgação da marca e complementa a de João, licenciado em Gestão. “Complementamo-nos muito”, assegura. No entanto, a rápida divulgação da Punch passou sobretudo pela rede de contactos que os dois amigos têm e ajudou a poupar recursos nesta fase inicial do projecto.

“O investimento foi sobretudo em recursos humanos. Reunimos as melhores pessoas que conhecíamos para escrever sobre música, os melhores fotógrafos e todos os melhores recursos para fazerem parte da equipa. Assim, também criámos emprego. Tudo o resto foi feito por nós.”, esclarece João Pacheco. A equipa tem sete pessoas.

A revista quer ser uma alternativa aos habituais meios de divulgação de informação sobre música, além de uma aposta clara em trabalhos multimédia. “As pessoas habituam-se ao que existe, ao que as televisões mostram. Queremos mostrar aquilo que é bem feito, daí ‘Punch’. Um murro à preguiça. Uma maneira de fazer mais e melhor.”, acrescenta João.

Esclarecido o nome, a Punch já factura com o negócio e com prémios. Foi a vencedora do Concurso de Ideias de Negócio em Indústrias
Criativas (CIIC), iniciativa do Grupo de Educação Evolution – IPA,
ETIC e EPI – e da Agência DNA Cascais.

O prémio não é surpreendente para as ambições declaradas: “Queremos ser a Pitchfork portuguesa”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fernão de Magalhães

Quem pagou a expedição planetária de Magalhães? Um investidor vindo de Portugal

Fernão de Magalhães

Quem pagou a expedição planetária de Magalhães? Um investidor vindo de Portugal

Maria João Gala / Global Imagens

Centeno aponta margem de 200 milhões para aumentos na Função Pública

Outros conteúdos GMG
Punch. A revista recém-nascida ganhou um prémio de empreendedorismo