Tecnologia

Quer aprender programação? Aqui há 50 bolsas

programação, interface, inteligência artificial
Fonte: Pixabay

Escola de programação Ironhack e plataforma de recrutamento online Landing.jobs têm bolsas até 6000 euros para tornar educação mais acessível.

As empresas estão a ter cada vez mais dificuldade em recrutar programadores e já há mesmo quem tenha de importar talento. A transformação de pessoas em especialistas nesta área é cada vez mais necessárias mas os cursos não são comportáveis para todas as bolsas.

Por causa disso, a escola de programação Ironhack e a Landing.Jobs juntaram-se para proporcionar bolsas de aprendizagem: há 50 bolsas disponíveis, a tempo inteiro ou parcial, entre os 1500 e os 6000 euros, para os cursos de Web Development e UX/UI Design.

O principal objetivo desta medida é “promover o acesso à educação por parte de qualquer profissional que tenha interesse em ingressar no mercado tech – tanto aqueles em mudança de carreira como aqueles que pretendem aprimorar e atualizar os seus conhecimentos digitais”.

Leia mais: Só contratar estrangeiros resolve falta de programadores

As inscrições para estas bolsas de estudo podem ser feitas através desta página até 31 de julho. Os alunos escolhidos serão anunciados até 15 de agosto.

Para o diretor geral da Ironhack Lisboa, Álvaro González, “a parceria com a Landing.jobs permite-nos dar a oportunidade àqueles que ainda não conseguiram dar o salto”. A Landing.jobs destaca: “Queremos garantir que todos na nossa comunidade têm a oportunidade de impulsionar as suas habilidades, crescer profissionalmente e construir a carreira com a qual sonharam”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Lisboa, 16/07/2019 - Decorreu hoje parte de uma reportagem sobre, empregos criados pelas empresas de partilha de veículos em Portugal..
Acompanhamos a recolha, carregamento e reparação das trotinetes partilhadas da Circ.

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Partilha de veículos dá emprego a mais de 500 pessoas

Lisboa, 16/07/2019 - Decorreu hoje parte de uma reportagem sobre, empregos criados pelas empresas de partilha de veículos em Portugal..
Acompanhamos a recolha, carregamento e reparação das trotinetes partilhadas da Circ.

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Partilha de veículos dá emprego a mais de 500 pessoas

António Mexia, CEO da EDP. Fotografia: REUTERS/Pedro Nunes

Saída de clientes da EDP já supera as entradas

Outros conteúdos GMG
Quer aprender programação? Aqui há 50 bolsas