Tecnologia

Quer mesa num restaurante do Avillez? Há um sistema português a gerir a chamada

Reportagem no restaurante Belcanto, com o chef José Avillez , depois de receber um dos prémios mais prestigiados no mundo da gastronomia, o Grand Prix de L'Art de La Cuisine. (Orlando Almeida / Global Imagens)
Reportagem no restaurante Belcanto, com o chef José Avillez , depois de receber um dos prémios mais prestigiados no mundo da gastronomia, o Grand Prix de L'Art de La Cuisine. (Orlando Almeida / Global Imagens)

A cadeia de restaurantes é uma das mais de 150 empresas que trabalha com a Talkdesk, fundada pelos portugueses Tiago Paiva e Cristina Fonseca.

Da próxima vez que quiser marcar uma mesa num dos restaurantes de José Avillez, saiba que há um sistema português a tratar da sua reserva. O grupo do chef de cozinha assinou uma parceria com a Talkdesk, a startup portuguesa que conta com um software para os centros de atendimento telefónico.

“No Grupo José Avillez privilegiamos o atendimento ao cliente. A utilização desta tecnologia permite-nos gerir de uma forma mais eficiente os contactos telefónicos”, adiantou o chef José Avillez citado em nota de imprensa enviada esta segunda-feira.

A cadeia de restaurantes é uma das mais de 150 empresas que trabalha com a Talkdesk, fundada pelos portugueses Tiago Paiva e Cristina Fonseca.

O diretor-geral da tecnológica nacional assinala o objetivo de “apoiar as empresas portuguesas e internacionais na melhoria dos pontos de contacto com os seus clientes, de forma a serem mais eficientes, estabelecerem uma relação mais próxima e garantirem a sua fidelização”.

A Talkdesk conta com mais de 1400 clientes em todo o mundo e abriu na semana passada o seu segundo escritório nos Estados Unidos, na cidade de Salt Lake City.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Teste - Redação DV

Liberdade e sustentabilidade dos media, com ou sem apoio do governo?

Regime dos residentes não habituais garante isenção de IRS a quem recebe pensões do estrangeiro.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Primeiros 18 residentes não habituais prestes a perder benefício

Salvador de Mello, CEO do grupo CUF (Artur Machado/Global Imagens)

CUF vai formar alunos médicos de universidade pública

Outros conteúdos GMG
Quer mesa num restaurante do Avillez? Há um sistema português a gerir a chamada