Revelados os três finalistas do Prémio Nação Inovadora

A investigadora Ana Patrícia Ferraz, Gonçalo Fortes, fundador e CEO da Prodsmart e Miguel Neiva, designer fundador da Color Add, foram os perfis mais votados pelo público para o Prémio Nação Inovadora, promovido pela Audi e SIC Notícias.

Com o objetivo de ajudar a melhorar a qualidade da vida das pessoas, Ana Patrícia Ferraz desenvolveu o protótipo de um sistema para a determinação de testes pré-transfusionais de sangue, que desempenha um papel essencial nas situações de emergência médica.

Já Gonçalo Fortes, 34 anos , fundou o  software Prodsmart que permite aumentar a produtividade dos trabalhadores ao disponibilizar-lhes equipamentos móveis para cada passo das linhas de manufatura.

Miguel Neiva é o terceiro nome na lista dos finalistas, mas pode ser o vencedor. Criou o Color Add, um sistema de leitura de cores pensado para daltónicos e com potencial para mudar a vida dos que sofrem desta condição, conquistou o público.

Considerados os mais inovadores, estes três perfis irão agora disputar o grande prémio de 10 mil euros. Brevemente será anunciado o grande vencedor, cabendo a escolha  ao júri, composto por dois representantes da SIC Notícias e da Audi e pelos cinco embaixadores: Barbara Coutinho, diretora do Mude; Joana Vasconcelos, artista plástica; Miguel Pina Martins, CEO da Cience4You; Paulo Pereira da Silva, CEO da Renova e Rosália Vargas, CEO da Ciência Viva.

Durante dois meses foram reveladas as histórias de 25 talentos nacionais nomeados para o Prémio Nação Inovadora, todas contadas e divulgadas na SIC Notícias e no site www.nacaoinovadora.pt, onde o público foi convidado a votar no seu preferido

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O sismo da Terceira de 1980
(Arquivo DN)

Risco de sismo é real. Seguradores querem fundo prioritário no próximo governo

O sismo da Terceira de 1980
(Arquivo DN)

Risco de sismo é real. Seguradores querem fundo prioritário no próximo governo

João Galamba, Secretário de Estado da Energia 
(PAULO SPRANGER/Global Imagens)

João Galamba: “Há diferença entre encontrar rendas excessivas e cortá-las”

Outros conteúdos GMG
Revelados os três finalistas do Prémio Nação Inovadora