Rota do vinho verde tem novo hotel: Monverde Wine Experience quase a abrir

Hotel, de quatro estrelas, tem 29 quartos
Hotel, de quatro estrelas, tem 29 quartos

A Rota dos Vinhos Verdes vai ter, a partir desta sexta-feira, dia 22 de maio, o primeiro hotel vínico da região. O Monverde Wine Experience Hotel nasce da iniciativa da produtora de vinho verde Quinta da Lixa, tendo representado um investimento próprio superior a 4 milhões de euros.

Conforme noticiou o Dinheiro Vivo em dezembro de 2014, este hotel está edificado numa propriedade com 30 hectares, 22 dos quais vinha. Esta infra-estrutura destina-se a criar sinergias com a Quinta da Lixa que recebe, anualmente, mais de 2.600 turistas no serviço de Enoturismo, mas apenas para fazer provas e visitas.

Situado na Quinta de Sanguinhedo, entre Felgueiras e Amarante, o novo hotel de 4 estrelas disponibiliza 29 quartos e 1 apartamento, num intervalo de preços que vai dos 110 aos 300 euros por dia. Aí, é possível apreciar uma variedade de serviços, que vão do restaurante de comida tradicional e regional, cuja assinatura pertence ao Chef Agostinho Martins; passando pelo distinto wine bar; até ao sereno e relaxante spa vínico, com piscina interior e exterior.

Mas a pensar na vertente mais empresarial, nomeadamente organização de eventos sociais, o novo hotel rural possuiu duas salas e uma adega versátil para a realização de provas, conferências, reuniões e/ou serviços especiais. E, apesar de ainda não ter aberto, o Monverde já tem uma semana reservada pela Câmara dos Arquitetos Chineses, que vêm a Portugal organizar um seminário sobre arquitetura.

“Mas a grande atração deverá ser mesmo a adega experimental, onde os clientes vão poder participar em diversas atividades de enologia”, destaca o hotel, em comunicado

Pensado e construído para ser ecológico, 40% do investimento no Monverde Wine Experience Hotel é de origem sustentável. Como? 85% da pedra usada foi reutilizada da propriedade; as tintas usadas nos interiores e exteriores são de reduzido impacto ambiental; os painéis solares garantem o aproveitamento de energias renováveis e as águas são reaproveitadas para a rega da vinha e dos jardins.

O Monverde Wine Experience Hotel tem a assinatura do arquiteto Fernando Coelho e do designer Paulo Lobo. Predominam as cores terra e fachada verde-azeitona, talentosamente inserido na paisagem, vai ser dirigido por João Portugal, um profissional com vasta experiência em gestão de hotéis.

Espanha, China, Rússia e EUA são os mercados alvo do novo hotel, bem como os países nórdicos, já que a intenção é apostar em consumidores que já identifiquem a Região dos Vinhos Verdes e a marca Quinta da Lixa.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Foto: JOAO RELVAS / LUSA

Desemprego registado volta a crescer em agosto, supera 409 mil inscrições

Fotografia: Fábio Poço/Global Imagens

AL perdeu quase 3000 casas em Lisboa e Porto. Oferta para arrendar cresce

Manuel Heitor, ministro do Ensino Superior.
(PAULO SPRANGER/Global Imagens)

Alunos vão pagar até 285 euros para ficar em hotéis e alojamento local

Rota do vinho verde tem novo hotel: Monverde Wine Experience quase a abrir