Santa Casa quer aproveitar tecnologias para potenciar inovação

Instituição procura soluções tecnológicas inovadoras para áreas como a ação social, cultura e património, economia social e saúde

A Santa Casa de Lisboa apresentou esta terça-feira o primeiro desafio na área da inovação social. O Santa Casa Challenge é um programa que pretende “associar as novas tecnologias ao desenvolvimento social e bem-estar da população”. A instituição também pretende aproveitar os projetos e as tecnologias apresentadas para aumentar a inovação, segundo o vice-provedor, Edmundo Martinho, em resposta às questões feitas pelo Dinheiro Vivo após a apresentação.

Este desafio serve apenas para apresentar propostas para a Santa Casa?

As soluções apresentadas podem ter um aspeto alargado e não restringirem-se à Santa Casa. Previsivelmente, em todas as áreas poderemos ter soluções que depois possam não ser aplicadas à Santa Casa mas a outras instituições. Entendemos que faltam soluções nesta área e que, com o nosso desafio, podem ser desenvolvidas.

De que forma a tecnologia está ligada à ação social da Santa Casa?

A Santa Casa usa há muito tempo tecnologias inovadoras. Exemplo disso é o exoesqueleto, que permite recuperar a mobilidade às pessoas a fazer fisioterapia. Mas sabemos que ainda há muito caminho a desbravar.

Betapitch: Uma destas startups vai representar Portugal em Berlim

Um dos prémios do Santa Casa Challenge passa pela entrega de 2 500 euros por cada prémio. Há a possibilidade de aumentar este montante?

Há essa possibilidade, mas o prémio monetário não é o mais importante. O importante é estimular os empreendedores e aplicá-lo em contexto real. Pode mesmo ser aplicado à nossa instituição. A Santa Casa pode mesmo tornar-se numa incubadora.

A instituição está à procura de soluções tecnológicas inovadoras para áreas como a ação social, cultura e património, economia social e saúde. A Santa Casa acredita que estas soluções “devem originar dispositivos, aplicativos, conteúdos digitais, serviços web ou de comunicação”.

As inscrições para o Santa Casa Challenge estão abertas até 7 de outubro a partir desta página. Os finalistas serão conhecidos a 31 de outubro e a apresentação dos finalistas será feita a 8 de novembro, em pleno Web Summit.

A Santa Casa de Lisboa tem três prémios para os melhores projetos: 2 500 euros para a melhor solução em cada uma das áreas do concurso; prémio surpresa para as três melhores propostas, independentemente da área; e a possibilidade de desenvolver um projeto-piloto em equipamentos ou serviços da Santa Casa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de