Sistema português para planear cirurgias com investimento de 3 milhões

Bracarense PeekMed vai contratar 20 pessoas para duplicar equipa até final do ano e abrir escritórios nos Estados Unidos e na Alemanha.

A PeekMed desenvolveu um sistema para cirurgiões ortopedistas planearem as intervenções com base em tecnologias 3D e de inteligência artificial. A solução da startup de Braga está a convencer o mercado e levou a um investimento de três milhões de euros em série A, segundo o anúncio desta segunda-feira. Duplicar a equipa para 40 elementos e abrir escritórios na Alemanha e nos Estados Unidos são as principais orientações até ao final do ano.

"Com o produto já desenvolvido e vários contratos em vigor, agora é a hora de expandir o nosso alcance no mercado e as potencialidades do nosso produto", nota o presidente executivo da PeekMed, João Pedro Ribeiro, citado em nota de imprensa. Portugal Ventures e a sociedade de capital de risco de investimento de impacto nacional Grosvernor House lideraram esta injeção de dinheiro.

Certificado para os mercados da Europa e dos Estados Unidos, o sistema permite planear a cirurgia e simular diferentes resultados e tamanhos de implantes numa questão de segundos. Assim, a cirurgia é realizada tal como planeada previamente. O software consegue criar um modelo 3D do osso em questão e também uma base de dados com os materiais médicos exigidos para as cirurgias, permitindo aos médicos ensaiarem a intervenção.

Nascida em 2015, a PeekMed recebeu, nesse ano, um investimento seed (semente) de 400 mil euros da Portugal Ventures. Foi necessário esperar até ao final de 2018 para a startup ficar autorizada a comercializar o produto nos Estados Unidos. Mesmo assim, praticamente não foram necessárias mais injeções de capital dos investidores. "Não fazia sentido levantar ronda atrás de ronda sem autorização das autoridades", recordou ao Dinheiro Vivo o líder da empresa.

Atualmente com 20 elementos, a equipa da PeekMed vai duplicar até ao final deste ano, com contratações para as equipas de vendas, marketing e produto - as vagas serão abertas dentro de dias na página da empresa.

Também até ao final do ano, serão abertos escritórios na Alemanha e nos Estados Unidos, para acelerar as vendas. A empresa tem acordos comerciais em Portugal, França, Alemanha, Itália, Brasil e Estados Unidos.

Ainda em 2021, será lançada uma nova tecnologia para "automatizar o processo de antecipação da cirurgia da ortopedia, aproveitando a vantagem do robôt em processos mecânicos - a mão não treme", antecipa João Pedro Ribeiro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de