Alojamento local

Solução chave na mão para alojamento local chega a Portugal

Fotografia: DR
Fotografia: DR

Britânicos da GuestReady gerem vários serviços ligados a este tipo de alojamento em Portugal. Vão contratar mais 20 pessoas em 2019.

Lisboa e Porto contam com uma nova solução para o alojamento local a partir desta terça-feira. Os britânicos da GuestReady vão disponibilizar aos proprietários destas habitações uma oferta chave na mão para gerir estes espaços. As operações desta startup em solo português serão controladas através dos escritórios de Lisboa e do Porto, onde já estão 10 pessoas. Ao longo de 2019, serão contratados mais 20 trabalhadores. E a partir de território nacional passarão a ser geridas as operações desta startup em França.

“Gerir um alojamento local está a tornar-se quase tão complicado como gerir um hotel. Por isso é que serviços como o nosso são necessários”, nota ao Dinheiro Vivo Alexander Limpert, co-fundador e presidente executivo da startup britânica.

A GuestReady oferece um conjunto de serviços na área financeira, marketing, logística, comodidades, limpeza e manutenção de propriedades. Também garante que os anúncios são publicados em todas as plataformas de alojamento local, gere a sua imagem e ainda tenta maximizar o preço cobrado aos hóspedes.

Os britânicos também se preocupam em gerir os hóspedes em todas as etapas da dormida, “proporcionando um check-in personalizado, com entrega segura das chaves, o acompanhamento ao longo da estadia e um processo de check-out igualmente personalizado, com a garantia de que o imóvel fica impecável”. A portuguesa HomeIt é um dos parceiros locais, graças à sua solução inteligente para abertura de portas.

Ligação a Portugal
Portugal é o sexto país a receber os serviços da GuestReady, depois de Reino Unido, França, Hong Kong, Dubai e Malásia. Alexander Limpert justifica a escolha do território português – em detrimento de Espanha, por exemplo – com fatores emocionais e racionais.

“Já estive várias vezes em Lisboa e tenho alguns amigos com casas no alojamento local. Mas também percebemos que Portugal é competitivo, tem muito talento e os trabalhadores são bastante competentes e têm a mente aberta”, justifica este fazedor em entrevista.

Alexander Limpert é CEO e co-fundador da GuestReady.

Alexander Limpert é CEO e co-fundador da GuestReady.

É por causa disso que esta startup tem dois escritórios em Portugal: o de Lisboa está dedicado aos engenheiros de software; o do Porto funciona mais como a equipa de suporte.

Com esta panóplia de argumentos, a GuestReady já escolheu Portugal como o país “onde será instalado o centro de operações que vai gerir o mercado francês. E também poderá tomar conta das operações em Espanha, assim que estivermos lá”.

Expansão nacional

Até ao final de 2019, a empresa britânica pretende gerir 200 propriedades em Portugal, que deverão “receber cerca de duas mil pessoas por mês”, espera Alexander Limpert.

Depois disso, deverá seguir-se a expansão para outras cidades e regiões. “Temos recebido muitos contactos das regiões do Algarve, Madeira e Açores, que são locais muito interessantes para nós. Também temos recebido algumas mensagens de Coimbra.”

Leia aqui: Doinn. A plataforma que quer pôr o alojamento local um brinco

O fazedor britânico acredita que o alojamento local é um mercado com muita margem para crescer em Portugal. “Há uma grande oportunidade nesta área, porque as pessoas procuram cada vez mais alternativas aos hotéis.” Só em Portugal, há perto de 80 mil estabelecimentos registados como alojamento local.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Paschal Donohoe

Sucessor de Centeno: Irlandês Donohoe surpreende e bate espanhola Calviño

O Ministro das Finanças, João Leão. EPA/MANUEL DE ALMEIDA

Défice de 2020 vai ser revisto para 7%. Agrava previsão em 0,7 pontos

Comissário Europeu Valdis Dombrovskis. Foto: STEPHANIE LECOCQ / POOL / AFP)

Bruxelas acredita que apoio a empresas saudáveis estará disponível já este ano

Solução chave na mão para alojamento local chega a Portugal