empreendedorismo social

Speak pode ajudar mais 4 mil migrantes por ano com o seu voto

Imagem da equipa da Speak. (DR)
Imagem da equipa da Speak. (DR)

Plataforma portuguesa para quebrar barreira da língua pode receber até 50 mil dólares de investimento no concurso Chivas Venture 2019.

O projeto social Speak, de partilha de idiomas e de culturas, pode ajudar mais 4 mil migrantes por ano. Para que isso aconteça, a startup portuguesa conta com o voto do público para receber até 50 mil dólares (44,5 mil euros do ano) de investimento no concurso de empreendedorismo social Chivas Venture. A Speak vai representar Portugal na final deste concurso, que vai decorrer em maio em Amesterdão, na Holanda.

“Se ganharmos este período de votação conseguiremos apoiar 5 pessoas a abrir o Speak nas suas novas cidades, criar 5 novas oportunidades de emprego e impactar mais 4 mil pessoas por ano. Esta é também uma oportunidade única para falar sobre diversidade e importância de projetos comunitários que colocam a pessoa no centro da solução”, destaca Hugo Menino Aguiar, líder da Speak, citado em nota de imprensa.

Para que a Speak consiga ajudar mais pessoas, o público tem de votar na startup até 30 de abril através desta página.

Antes da final de maio, o concurso Chivas The Venture vai atribuir uma fatia de 100 mil dólares entre os 20 finalistas: a startup que receber mais votos online vai ficar com 50 mil dólares; o restante montante será dividido em partes iguais pelos cinco classificados seguintes.

Lançado em 2015, o concurso Chivas Venture já teve um “impacto positivo em cerca de um milhão de pessoas”, segundo os dados da organização.

Leia mais: Speak quer ajudar imigrantes e refugiados na Europa a aprender línguas

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
ice-cream-cone-1274894_1920

Há pecados de verão que apetecem mesmo nos dias de chuva

ice-cream-cone-1274894_1920

Há pecados de verão que apetecem mesmo nos dias de chuva

João Galamba, Secretário de Estado da Energia 
(PAULO SPRANGER/Global Imagens)

João Galamba: “Há diferença entre encontrar rendas excessivas e cortá-las”

Outros conteúdos GMG
Speak pode ajudar mais 4 mil migrantes por ano com o seu voto