fazedores

Startup britânica abre centro tecnológico em Portugal

Etienne-Amic-Vakt-e1550743543794

A plataforma de commodities post-trade VAKT vai ter o seu centro principal de desenvolvimento tecnológico em Portugal.

A startup britânica VAKT – que tem uma plataforma de commodities post-trade baseada na tecnologia blockchain – vai passar a ter o seu principal centro de desenvolvimento tecnológico em Portugal. Esta empresa com sede no Reino Unido tem como missão eliminar processos longos de reconciliação e baseados em papel em transações na área das commodities.

Já com um centro operacional em solo nacional desde abril, a empresa, em comunicado, revela que a decisão de alocar em Portugal o principal centro tecnológico vai levar à contratação de mais 30 profissionais de tecnologia. Atualmente, a equipa da VAKT conta já com 60 pessoas.

A VAKT é financiada e apoiada por alguns dos principais grupos mundiais petrolíferos, da área de trading e da banca, tais como a BP, Shell, ING, ABN Amro e Equinor.

Etienne Amic, CEO da VAKT, em comunicado, diz que: “A atração de talento, o ambiente educacional e de inovação, e o mindset do país para o empreendedorismo, faz de Portugal um destino extremamente atrativo para empresas inovadoras como a VAKT. Somado a isto, a qualidade da equipa que montamos em apenas oito meses nos fez ter a certeza que deveríamos expandir em Portugal, e não em outro país”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Foto: Paulo Spranger (Global/Imagens)

Fisco deteta erro em 10.000 declarações de IRS e exige devolução de 3,5 milhões

Foto: Paulo Spranger (Global/Imagens)

Fisco deteta erro em 10.000 declarações de IRS e exige devolução de 3,5 milhões

João Cadete de Matos, presidente da Anacom

Fotografia: Vítor Gordo/D.R.

Anacom “considera essencial” redução de preços no acesso à Internet

Outros conteúdos GMG
Startup britânica abre centro tecnológico em Portugal