Fazedores

Startup Lisboa procura as ideias mais saborosas para o futuro da restauração

Cozinha do restaurante ZunZum Gastrobar, em Lisboa. (Orlando Almeida / Global Imagens)
Cozinha do restaurante ZunZum Gastrobar, em Lisboa. (Orlando Almeida / Global Imagens)

Terceira edição do programa de aceleração From Start to Table tem um total de 20 mil euros em prémios.

A Startup Lisboa está à procura das ideias mais saborosas para o futuro da restauração e e da alimentação. Está em marcha a terceira edição do programa de aceleração From Startup to Table, que tem um total de 20 mil euros em prémios.

Na edição de 2020, este programa vai contar com apenas duas categorias, em vez das habituais três. Além de procurar soluções tecnológicas para a restauração, o From Start to Table vai servir para desenvolver novos conceitos de restauração e produtos de comida ou bebida sustentáveis. O vencedor de cada uma das categorias irá receber 10 mil euros.

Poderão inscrever-se para esta iniciativa pessoas ou empresas com menos de cinco anos portuguesas ou estrangeiras.

As inscrições estão abertas até 20 de setembro e poderão ser feitas através desta página. Nos dias 29 e 30 de setembro, serão escolhidos os 20 projetos que seguirão para o programa de aceleração, entre 11 de outubro e 9 de dezembro.

Durante nove semanas, serão ocupados, em média, três dias completos por semana. Por causa da pandemia, a maioria das sessões da fase de aceleração serão feitas em modo remoto.

Nas primeiras duas edições do From Start-to-Table, candidataram-se mais de 250 projetos, de mais de 30 países. A última edição acolheu participantes de 12 nacionalidades: Estados Unidos, Reino Unido, Brasil, Canadá, Israel, Alemanha, Ucrânia, Espanha, França, Bélgica, Itália e Portugal.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
coronavirus lay-off trabalho emprego desemprego

Empresas com quebras de 25% vão poder pedir apoio à retoma

Balcão da ADSE na Praça de Londres em Lisboa.

( Jorge Amaral/Global Imagens )

ADSE quer 56 milhões do Orçamento do Estado por gastos com isentos

Fotografia: Miguel Pereira / Global Imagens

Quase 42 mil empresas recorreram a apoios que substituíram lay-off simplificado

Startup Lisboa procura as ideias mais saborosas para o futuro da restauração