Startup Portugal

Startup Portugal: Rede nacional quer novas incubadoras

Village Underground é um dos membros da Rede Nacional de Incubadoras. Fotografia: Diana Quintela / Global Imagens
Village Underground é um dos membros da Rede Nacional de Incubadoras. Fotografia: Diana Quintela / Global Imagens

Incubadoras certificadas pelo IAPMEI podem atribuir vales de incubação, um apoio de até cinco mil euros para startups com menos de um ano

A Rede Nacional de Incubadoras está à procura de novos membros. Até 17 de julho estão abertas as candidaturas para a acreditação de novas entidades. Caso sejam selecionadas e certificadas pelo IAPMEI, poderão atribuir os vales de incubação. As inscrições podem ser feitas através desta página.

O Vale de Incubação dá acesso a um programa de incubação durante um ano, com um apoio de até cinco mil euros que pode ser usado nas incubadoras certificadas pelo IAPMEI e inscritas na Rede Nacional de Incubadoras. Cada incubadora pode receber até 20 vales. Estes vales são atribuídos a startups com menos de um ano de vida.

A Rede Nacional de Incubadoras conta atualmente com mais de 120 entidades e é uma das partes da Startup Portugal, a estratégia do Governo para o empreendedorismo, que conta também, por exemplo, com o Startup Voucher é um apoio para fazedores entre os 18 e os 35 anos, portugueses ou a residirem no país, sem empresa ainda constituída. Os beneficiários da medida terão direito a uma bolsa mensal no valor de 691,70 euros para concretizarem a sua ideia.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (E), conversa com o ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno (D), durante o debate parlamentar de discussão na generalidade do Orçamento do Estado para 2020 (OE2020), esta tarde na Assembleia da República, em Lisboa, 09 de janeiro de 2020. MIGUEL A. LOPES/LUSA

Subida do PIB em 2019 chega aos 2,2% com revisão nas exportações de serviços

Fotografia: TIAGO PETINGA/LUSA

Novo Banco prevê redução de 1,7 mil milhões de malparado em 2020

Sede do Novo Banco, ex-BES, na Avenida da Liberdade.
(Ângelo Lucasl / Global Imagens )

Novo Banco não afasta que possa vir a pedir mais capital ao Fundo de Resolução

Startup Portugal: Rede nacional quer novas incubadoras