Road 2 Web Summit

Startup Portugal volta a pôr startups na Web Summit

Web Summit conta com escritório próprio em Portugal. Fotografia: Nuno Pinto Fernandes / Global Imagens
Web Summit conta com escritório próprio em Portugal. Fotografia: Nuno Pinto Fernandes / Global Imagens

Anúncio será feito depois de as startups participantes na primeira edição terem sido ouvidas no Ministério da Economia

A Startup Portugal, em conjunto com a Web Summit, vai voltar a colocar startups portuguesas na cimeira tecnológica marcada para entre os dias 6 e 9 de novembro. A segunda edição da iniciativa Road 2 Web Summit será apresentada esta terça-feira, 4 de julho, no Ministério da Economia, depois de serem ouvidas as 67 vencedoras da primeira edição.

A Road 2 Web Summit foi criada em 2016 na sequência da escolha de Lisboa como a cidade que recebe a cimeira tecnológica liderada por Paddy Cosgrave. O objetivo é “promover e apoiar projetos que se destaquem pelo seu potencial inovador, garantindo acesso facilitado ao evento e a possibilidade de integrar o meio empreendedor a nível global”.

Esta iniciativa enquadra-se na Startup Portugal, a estratégia para o empreendedorismo do Governo português e que foi apresentada em 2016.

Leia aqui: Web Summit. Novo escritório em Lisboa e com 20 vagas por preencher

A apresentação desta terça-feira, às 17h, irá contar com a presença do secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos, o responsável de Startups da Web Summit, Patrick Griffith, e o líder da Startup Portugal, Simon Schaefer. Na altura, serão anunciados mais detalhes sobre a segunda edição da Road 2 Web Summit.

Além da presença na Web Summit, as 67 startups selecionadas em 2016 frequentaram ações de formação intensiva em Braga e Lisboa.

Para a edição de 2017 da Web Summit são esperados mais de 60 mil participantes. António Horta-Osório, o banqueiro português que lidera o banco Lloyds, Sean Rad, fundador do Tinder, Margrethe Vestager, comissária europeia da Concorrência, Brian Krzanich, presidente executivo da Intel, John Seifert, presidente executivo da Ogilvy & Mather, e Kara Swisher, editora executiva do portal Recode, são alguns dos 200 oradores já anunciados para a cimeira deste ano.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
A ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho (D), e o secretário de Estado do Emprego, Miguel Cabrita (E). Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Salário mínimo de 635 euros? Dos 617 dos patrões aos 690 euros da CGTP

concertação

Governo sobe, sem acordo, salário mínimo até 635 euros em 2020

concertação

Governo sobe, sem acordo, salário mínimo até 635 euros em 2020

Outros conteúdos GMG
Startup Portugal volta a pôr startups na Web Summit