fazedores

Startup portuguesa de bebidas espirituosas quer captar um milhão de euros

empreendedores; fazedores; startups

A startup Icon-Key lançou uma campanha na Seedrs. Ambiciona captar um milhão de euros nos próximos dois meses.

A Icon-Key, uma startup portuguesa especializada na criação e venda de bebidas espirituosas premiun, lançou uma campanha na plataforma de equity crowdfunding luso-britânica Seedrs. A campanha arrancou esta sexta-feira, 8 de março, e prolonga-se durante os próximos 60 dias e a empresa “pretende capitalizar-se em um milhão de euros, em troca de 8% do seu capital, avaliando a empresa em 12,5 milhões de euros”, de acordo com o comunicado enviado às redações.

A firma portuguesa é considerada pelo Financial Times como umas das companhias com um crescimento mais rápido na Europa. “O financiamento captado através da campanha na Seedrs será direcionado para o reforço da estratégia de internacionalização da Icon-Key”. A startup já está presente em 24 mercados externos e ambiciona conquistar 51 até 2023. Pretende também acelerar o crescimento da companhia através do lançamento de oito marcas inovadoras até 2020, aumentando o peso das exportações de 29% para 50% do valor total das vendas.

Bruno Amaral, um dos sócios da empresa, indica que: “a nossa ambição é criar, lançar e projetar mundialmente marcas de bebidas portuguesas, com estatuto de produtos de grande qualidade. Somos construtores de marcas e queremos oferecer aos consumidores de todo o mundo a experiência de saborear bebidas espirituosas e cervejas artesanais, com sabor e alma portugueses”.

A Icon-Key tem sete marcas portuguesas de cerveja e bebidas espirituosas: Gin Sharish, Gin 13, Rum da Madeira William Hinton, Cerveja Artesanal Maldita, Aguardente de Medronho MAD, Ginja d’Óbidos Mariquinhas, e a Aguardente da Lourinhã Louriana.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

Fotografia: Fábio Poço/Global Imagens

Boom de queixas contra agências imobiliárias

Huawei | 5G | Redes 5G

Google suspende negócios com a Huawei. Milhões de smartphones afetados

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Startup portuguesa de bebidas espirituosas quer captar um milhão de euros