Startup portuguesa de cibersegurança comprada pelos norte-americanos Barracuda

Solução da Fyde facilita o acesso remoto e seguro a servidores empresariais e conquistou a Barracuda. Portugal Ventures e Bright Ventures eram os dois investidores portugueses da startup.

Portugal volta a dar cartas na área da cibersegurança. A startup Fyde, com fundadores nacionais, foi comprada pelos norte-americanos da Barracuda, uma das maiores empresas mundiais nesta área.

Fundada em 2017, a Fyde desenvolveu uma solução que facilita o acesso remoto e seguro a servidores empresariais. Numa altura em que o trabalho remoto está para durar, a Barracuda decidiu comprou esta solução, que assenta no modelo Zero Trust Security.

Parte-se do princípio que "nenhum utilizador é confiável e requer que qualquer pessoa, mesmo aquelas que já têm acesso à rede, tenham de ver o seu acesso verificado. Desta forma, se um atacante conseguir o acesso a um servidor, não conseguirá, por consequência, acesso a mais nenhum", referiu a equipa da Fyde em julho de 2019, depois de uma ronda de investimento de dois milhões de euros.

Esta injeção de capital contou com a participação das sociedades de investimento em capital de risco Bright Ventures e Portugal Ventures, que assim asseguram o exit da Fyde com a aquisição pela Barracuda.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de