Startup Portugal

“Startup Voucher” disponível nos próximos meses

João Vasconcelos, Secretário de Estado da Indústria
Foto: Júlio Lobo Pimentel / Global Imagens
João Vasconcelos, Secretário de Estado da Indústria Foto: Júlio Lobo Pimentel / Global Imagens

Medida surge no âmbito da Startup Portugal, a estratégia nacional para o empreendedorismo

O secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos, anunciou hoje, em Proença-a-Nova, que o “startup voucher”, um apoio financeiro mensal destinado a empreendedores, vai estar disponível nos próximos meses.

Esta medida surge no âmbito da Startup Portugal, a estratégia nacional para o empreendedorismo, que tem como objetivo estender a dinâmica empreendedora a todo o país.

“Uma delas [medida] é o ‘startup voucher’, um apoio financeiro a um empreendedor durante um ano, que lhe permita focar-se na criação da sua empresa. Vão ser avaliadas as ideias de negócio e pela sua validade o empreendedor pode auferir deste apoio de cerca de 700 euros por mês, durante um ano”, afirmou João Vasconcelos.

O ‘startup voucher’ está a ser elaborado, conjuntamente com outras medidas, com fundos do Portugal 2020. O secretário de Estado da Indústria deixou a garantia de que nos próximos meses vão abrir as candidaturas para esta medida.

O governante, que iniciou hoje em Proença-a-Nova uma visita por vários municípios do distrito de Castelo Branco, considerou a autarquia local como “um bom exemplo” daquilo que uma câmara pode fazer pela criação de emprego e de riqueza.

João Vasconcelos, após visitar a Inova Startup Proença, situada no Parque Empresarial de Proença-a-Nova (PEPA), esteve na empresa portuguesa de “software” Outsystems, onde trabalham atualmente 50 engenheiros informáticos.

“O resto do país devia saber o que está a acontecer aqui [unidade da Outsystems de Proença-a-Nova]. Devia saber que estão 52 engenheiros informáticos no ex-edifício da câmara a trabalhar para o resto do mundo”, afirmou.

O governante adiantou ainda que a Outsystems é um dos “melhores exemplos” que Portugal tem em relação à nova economia.

Ricardo Araújo, da Outsystems, explicou que a empresa contratou seis novos engenheiros informático em janeiro e que para junho vai admitir mais 16.

Segundo este responsável, a empresa está a desenvolver atualmente uma solução de gestão hospitalar para o Kuwait, que ocupa uma “grande fatia” dos engenheiros em Proença-a-Nova.

Já o presidente da Câmara local, João Lobo, adiantou que a partir de julho, a Outsystems vai mudar-se para novas instalações, fruto do crescimento da empresa que, até ao final de 2017, espera chegar aos 100 trabalhadores.

“As novas instalações vão ser facultadas através de um protocolo que vamos assinar com a empresa”, concluiu.

Atualmente, o “software” desenvolvido em Proença-a-Nova é distribuído para os Estados Unidos, Holanda, Bélgica, Kuwait, África do Sul, Austrália e Dubai, e serve diferentes áreas de negócio, desde a energia, saúde (hospitais, farmacêuticas e laboratórios) a empresas de tecnologia.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(Gustavo Bom / Global Imagens)

Sofia Tenreiro: “Estamos a captar os portugueses que não queremos que fujam”

O ministro do Trabalho e da Segurança Social, Vieira da Silva (C), ladeado por Ana Teresa Lehmann, secretária de Estado da Indústria (D), e Miguel Cabrita (E), secretário de Estado do Emprego, fala aos jornalistas no final da reunião com administração e Comissão de Trabalhadores da Autoeuropa para discutirem um modelo de trabalho para o próximo ano, no Ministério do Trabalho e da Segurança Social, em Lisboa, 15 de dezembro ded 2017.  Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Autoeuropa. Governo dá luz verde a creches para destravar diálogo

Mário Centeno. Fotografia: REUTERS/Rafael Marchante

Fitch dá maior subida de rating de sempre a Portugal e coloca país no grupo da Itália

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Conteúdo TUI
“Startup Voucher” disponível nos próximos meses