fazedores

Startups disputam 10 milhões de investimento no Porto

Fotografia: direitos reservados
Fotografia: direitos reservados

A semana Start & Scale Week é dinamizada pelo ScaleUp Porto, uma iniciativa da autarquia.

Dezenas de startups e scaleups encontram-se, esta terça-feira, no evento We’BIZ Talk e SPA Demo Day, organizado pela Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE), no Porto.

Durante a manhã, uma dúzia de startups portuguesas disputou o capital disponível da Accel Partners, num montante global máximo de 10 milhões de euros. A investidora Laura Grimmelmann avaliou o potencial das startups Muzzley, Cuckuu, D-Orbit, eSolidar, GFoundry, Glexyz, Kinetikos, MITMYMIND, CRIAM, Petable, Tripaya e Kide.

Ainda durante a manhã, o Startup Porto Accelerator (SPA) Demo Day Start desvendou os dez projetos em aceleração na aceleradora. Bnesis, Flatcrasher, Framie, Gamestars, Infinite Foundry, Sellit, Promptly, Scrutinit, XTrendi e Cosoftw apresentaram os seus modelos de negócio a empreendedores experientes, startups, scale-ups, unicórnios, mentores, investidores e players de referência do ecossistema nacional de empreendedorismo. Após esta etapa, as empresas entrarão na fase de Scale Up, beneficiando ainda da incubação na rede da ANJE e do INESC TEC.

Ao início da tarde arranca a WE’BIZ Talk “Surfing the Tech Revolution, uma conversa com representantes da Uber, da Accel Partners, da MindMaze e da GoEuro com o objetivo de ajudar os empreendedores a escalar e acelerar o “erro” de forma a chegar, rapidamente, ao investimento europeu.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(Artur Machado / Global Imagens)

Dinheiro Vivo mantém-se líder digital dos económicos

(Artur Machado / Global Imagens)

Dinheiro Vivo mantém-se líder digital dos económicos

O ex-governador do Banco de Portugal (BdP), Vítor Constâncio, na II Comissão Parlamentar de Inquérito à Recapitalização da Caixa Geral de Depósitos e à Gestão do Banco, na Assembleia da República. TIAGO PETINGA/LUSA

BCP, Berardo e calúnias. As explicações de Constâncio no inquérito à CGD

Outros conteúdos GMG
Startups disputam 10 milhões de investimento no Porto