PM na Índia

Quer vir para Portugal lançar um negócio? Conheça o Startup Visa

António Costa e João Vasconcelos
Fotografia: Sara Matos / Global Imagens
António Costa e João Vasconcelos Fotografia: Sara Matos / Global Imagens

O Startup Visa foi uma das iniciativas anunciadas na cimeira "Índia x Portugal", com vários participantes do ecossistema empreendedor dos dois países.

Apresentado esta segunda-feira, o Startup Visa está particularmente destinado a empreendedores indianos que queiram vir para Portugal fundar uma startup ou estudar na área da Engenharia ou Tecnologias da Informação. É uma forma de facilitar o acesso ao país e a condições favoráveis de vida e trabalho.

A iniciativa foi lançada na cimeira “Índia x Portugal“, a ter lugar à margem da visita do primeiro-ministro António Costa à Índia. O evento conta com diversos participantes do ecossistema empreendedor dos dois países. No total, estão presentes cerca de 800 pessoas, entre representantes de startups e incubadoras, investidores e estudantes a trocar ideias e experiências no Instituto de Tecnologia de Bangalore.

Na cerimónia de abertura, João Vasconcelos, secretário de Estado da Indústria, destacou os “mais de 700 empreendedores que vieram da Índia a Portugal para a Web Summit, no passado novembro. Ajudaram-nos a perceber que Lisboa tornou-se tão competitiva quanto Londres ou São Francisco, no que diz respeito a um lugar para começar uma empresa”.

No memorando de entendimento assinado entre representantes dos governos dos dois países, ficou estabelecido um acordo de cooperação e acompanhamento no desenvolvimento de ideias e projetos, com o envolvimento de investidores, incubadoras, universidades e entidades governamentais.

No evento participam cinco startups portuguesas: a Aptoide, a Feedzai, a Outsystems, a Zaask e a Zomato. O objetivo é, para uns, fazer pitch para recrutar engenheiros, para outros, desenvolver mercado e a angariar investidores. Presente está também a Portugal Ventures, a capital de risco do estado que, sabe o Dinheiro Vivo, foi para a Índia à procura de co-investidores estrangeiros.

Da parte indiana, contam-se muitos alunos de Engenharia, e participantes do ecossistema empreendedor de Bangalore, desde aceleradoras como a 10.000 Startups a representantes da secção indiana da Microsoft, Amazon e outro gigantes tecnológicos. À noite a Startup Portugal organiza um cocktail para cerca de 100 investidores indianos.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Estado abdica de 10,8 mil milhões de receita fiscal

casas-do-airbnb_16b

Casa deixa de contar para o IRS quando se muda o crédito de banco

Fotografia: Nacho Doce/Reuters

Oi. “Centenas” de obrigacionistas portugueses não conseguiram fechar acordo

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Quer vir para Portugal lançar um negócio? Conheça o Startup Visa