PM na Índia

Quer vir para Portugal lançar um negócio? Conheça o Startup Visa

António Costa e João Vasconcelos
Fotografia: Sara Matos / Global Imagens
António Costa e João Vasconcelos Fotografia: Sara Matos / Global Imagens

O Startup Visa foi uma das iniciativas anunciadas na cimeira "Índia x Portugal", com vários participantes do ecossistema empreendedor dos dois países.

Apresentado esta segunda-feira, o Startup Visa está particularmente destinado a empreendedores indianos que queiram vir para Portugal fundar uma startup ou estudar na área da Engenharia ou Tecnologias da Informação. É uma forma de facilitar o acesso ao país e a condições favoráveis de vida e trabalho.

A iniciativa foi lançada na cimeira “Índia x Portugal“, a ter lugar à margem da visita do primeiro-ministro António Costa à Índia. O evento conta com diversos participantes do ecossistema empreendedor dos dois países. No total, estão presentes cerca de 800 pessoas, entre representantes de startups e incubadoras, investidores e estudantes a trocar ideias e experiências no Instituto de Tecnologia de Bangalore.

Na cerimónia de abertura, João Vasconcelos, secretário de Estado da Indústria, destacou os “mais de 700 empreendedores que vieram da Índia a Portugal para a Web Summit, no passado novembro. Ajudaram-nos a perceber que Lisboa tornou-se tão competitiva quanto Londres ou São Francisco, no que diz respeito a um lugar para começar uma empresa”.

No memorando de entendimento assinado entre representantes dos governos dos dois países, ficou estabelecido um acordo de cooperação e acompanhamento no desenvolvimento de ideias e projetos, com o envolvimento de investidores, incubadoras, universidades e entidades governamentais.

No evento participam cinco startups portuguesas: a Aptoide, a Feedzai, a Outsystems, a Zaask e a Zomato. O objetivo é, para uns, fazer pitch para recrutar engenheiros, para outros, desenvolver mercado e a angariar investidores. Presente está também a Portugal Ventures, a capital de risco do estado que, sabe o Dinheiro Vivo, foi para a Índia à procura de co-investidores estrangeiros.

Da parte indiana, contam-se muitos alunos de Engenharia, e participantes do ecossistema empreendedor de Bangalore, desde aceleradoras como a 10.000 Startups a representantes da secção indiana da Microsoft, Amazon e outro gigantes tecnológicos. À noite a Startup Portugal organiza um cocktail para cerca de 100 investidores indianos.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(REUTERS/Willy Kurniawan)

98% dos carros feitos na Europa têm peças made in Portugal

Fotografia: Sara Matos/ Global Imagens.

Devolução das multas da ViaCTT chega hoje às contas

Bankinter

Bankinter atinge lucro recorde de 526 milhões em 2018

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Quer vir para Portugal lançar um negócio? Conheça o Startup Visa