Super Bock chega à Arábia Saudita: sem álcool e com sabor a limão, maçã e romã

ng3100341

Neste mês de agosto chegarão os primeiros contentores com meio milhão de litros de Super Bock Sem Álcool 0,0% à Arábia Saudita. O produto vai ser comercializado em mercearias e em shisha lounges (salas dedicadas ao consumo de tabaco em cachimbos de água), muito comuns no Médio Oriente. A empresa portuguesa entra assim num mercado ainda não explorado.

O rótulo das garrafas será em árabe e esta Super Bock terá como sabores maçã, limão e romã. Segundo um comunicado enviado à imprensa, a Super Bock afirma que as “Super Bock Sem Álcool Limão, Maçã e Romã foram desenvolvidas especificamente para este mercado, após conclusões de um estudo efetuado pela Unicer demonstrarem que os consumidores locais apreciam produtos mais doces”.

Outra das novidades é a comercialização em garrafas de 33cl com o sistema de abertura fácil, que chega pela primeira vez à Arábia Saudita.

Segundo a Unicer, o objetivo é vender, no primeiro ano, 2 milhões de litros neste mercado, com perspetiva de, no espaço de 10 anos, chegar a 10
milhões de litros por ano.

A Arábia Saudita é a maior potência do mundo árabe e a entrada da Unicer no mercado faz-se através do parceiro Al Fayha, a segunda maior empresa produtora e distribuidora de águas e refrigerantes do país.

Joana Queiroz Ribeiro, diretora de Pessoas e Comunicação da Unicer, diz que “os países do Médio Oriente são um grande desafio para as empresas ocidentais e a Unicer, devido ao seu investimento na área da inovação, conseguiu criar uma variedade de cerveja que se adequa às especificidades desse mercado. Toda aquela região representa uma grande oportunidade de negócio, pela sua dimensão, e com um arranque de atividade na Arábia Saudita com volumes ainda não muito grandes, temos a ambição de fazer crescer a marca logo no primeiro ano.”

A Super Bock Sem Álcool 0,0% não tem qualquer percentagem de álcool, condição necessária para que a empresa portuguesa consiga entrar nos países muçulmanos do Norte de África e Médio Oriente, onde o consumo de álcool não é permitido.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Dos blueprints  dos primeiros automóveis, ao topo dos carros elétricos atuais, de elon Musk, em homenagem, a Nikolas Tesla.
Ilustração: VITOR HIGGS

Automóvel. Em 20 anos do euro mudou tudo, menos a carga fiscal e o líder

João Vieira Lopes, presidente da Confederação do Comércio e Serviços.
(Jorge Amaral/Global Imagens)

Vieira Lopes: “Metas do governo são realistas mas é preciso investimento”

A EDP, liderada por António Mexia, vai pagar o maior cheque de dividendos da bolsa nacional.

PSI20. Menos lucros mas o mesmo prémio aos acionistas

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Super Bock chega à Arábia Saudita: sem álcool e com sabor a limão, maçã e romã