Talkdesk financia-se em 100 milhões. Portugal passa a ter três unicórnios

Plataforma que ajuda as empresas a personalizar o atendimento telefónico aos clientes vai expandir-se na Europa e EUA com este investimento.

Num só ano, Portugal passou de uma a três empresas que valem pelo menos mil milhões de dólares (862,7 milhões de euros). Depois da Farfetch e da Outsystems, a Talkdesk é o mais recente unicórnio português: a plataforma que ajuda as empresas a personalizar o atendimento telefónico aos clientes recebeu 100 milhões de dólares em ronda de investimento série B e passou a ter uma avaliação de 1,2 mil milhões de dólares, de acordo com o anúncio feito esta quarta-feira.

Esta ronda de financiamento foi liderada pelo fundo norte-americano Viking Global, que tornou-se no novo investidor da Talkdesk, e contou com a participação da DFJ, que já tinha participada na série A da startup portuguesa, em 2015. A empresa fundada em 2011 por Tiago Paiva e Cristina Fonseca tornou-se no unicórnio português mais rápido de sempre - passaram sete anos desde o nascimento da startup - superando a marca da Farfetch - demorou oito anos a alcançar este patamar.

Em declarações ao Dinheiro Vivo, o diretor-geral da Talkdesk, Marco Costa, justifica o interesse dos investidores na plataforma portuguesa com o "constante crescimento, ao multiplicar as receitas por 10 vezes nos últimos três anos" e o facto de o sistema nascido em Portugal contar com "1.500 clientes ativos" e de "serem cada vez maiores, com centros de contacto muito grandes, acima das mil pessoas".

Os 100 milhões de dólares de investimento serão usados para reforçar a investigação e desenvolvimento e expandir o negócio da Talkdesk nos mercados da Europa e dos Estados Unidos, acrescenta a empresa.

Depois da série B, a Talkdesk passa a acumular um investimento de 124,5 milhões de dólares. Mesmo não tendo participado nesta ronda de financiamento, os fundos de investimento Storm Ventures e Salesforce Ventures vão manter-se no capital da plataforma portuguesa fundada em 2011.

Poderá ler mais detalhes sobre esta ronda de investimento na entrevista dada ao Dinheiro Vivo por Marco Costa, diretor-geral da Talkdesk: Depois de tornar-se num unicórnio, Talkdesk reforça inteligência artificial

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de