Tecnologia

Talkdesk vai contratar 100 pessoas para Coimbra em 2019

O director-geral da Talkdesk, Marco Costa, no escritório da startup nas Amoreiras. Fotografia: Filipa Bernardo/ Global Imagens
O director-geral da Talkdesk, Marco Costa, no escritório da startup nas Amoreiras. Fotografia: Filipa Bernardo/ Global Imagens

Tecnológica portuguesa vai criar um laboratório de inovação no IPN e desenvolver novas soluções em parceria com a Universidade de Coimbra.

A Talkdesk, a startup que ajuda as empresas a personalizar o atendimento telefónico aos clientes, está a criar um laboratório de inovação em Coimbra. O TDX, assim se chama este laboratório, vai criar novas soluções que “coloquem a empresa na vanguarda da experiência do consumidor” e será oficialmente inaugurado em 2019 dentro da aceleradora de empresas do Instituto Pedro Nunes. A tecnológica portuguesa, para o efeito, vai contratar mais de 100 pessoas em 2019.

O processo de recrutamento vai arrancar em janeiro de 2019 com mais de uma centena de engenheiros de software e especialistas em áreas de conhecimento estratégicas como inteligência artificial, analytics e machine learning, refere a empresa em nota enviada às redações na segunda-feira.

“A inovação é um dos pilares estratégicos da Talkdesk, pois é o que nos permite crescer e liderar o nosso setor. Decidimos, por isso, lançar o TDX em Coimbra, focado nas áreas de inteligência artificial aplicadas à área de centros de contacto. Este é um local estratégico para nós, devido à sua universidade e às áreas de conhecimento que lá se desenvolvem, nomeadamente a nível da engenharia de software e matemática”, explica na mesma nota Marco Costa, diretor-geral da Talkdesk para a região europeia e do Médio Oriente.

O laboratório da Talkdesk também vai contar com uma parceria com a Universidade de Coimbra. Em conjunto, serão desenvolvidos “projetos de investigação, desenvolvimento e inovação, promoção de programas de investigação em contexto empresarial e organização de atividades de ligação aos alunos e investigadores” desta mesma universidade.

O TDX foi anunciado um mês depois depois de a Talkdesk ter lançado um fundo de 10 milhões de euros para a inovação.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Lisboa, Portugal 2

Endividamento das famílias atinge máximo de três anos

Mário Centeno e Pierre Moscovici. Fotografia: EPA/ARIS OIKONOMOU

Bruxelas com reservas sobre esboço pede plano atualizado

Sede da NOS Campo Grande

Rede da NOS com falhas de cobertura a nível nacional

Outros conteúdos GMG
Talkdesk vai contratar 100 pessoas para Coimbra em 2019