fazedores

Turismo de Portugal leva 17 startups a feiras internacionais

Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal .
Fotografia: Nuno Pinto Fernandes / Global Imagens
Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal . Fotografia: Nuno Pinto Fernandes / Global Imagens

O Turismo de Portugal já escolheu as startups que vão fazer parte da representação nacional que vai participar nas próximas cinco feiras

Nos próximos seis meses, o Turismo de Portugal vai participar em cinco feiras internacionais. A representação nacional vai, como já aconteceu no passado, contar com algumas startups portuguesas. No total, são 17.

Foram selecionadas as empresas: CORKSUP – Turismo e Animação, Portugal Farm Experience, Optishower, (Temptation Keeper), Infraspeak, Globestamp, Once Upon a Trip, Strayboots (Explore & Hunt, SA), ATB – Ana Bespoke Tours, Hotelvoy (Cjpi Trading), Social Impactrip, Portuguese Table, Upstream – Valorização do Território, XN Lifestylegroup, Hijiffy (Horizon Behaviour), GHOTW, Live Eletric Tours e Secret City Trails”, pode ler-se no comunicado enviado às redações.

Integrar estas empresas na comitiva nacional tem como finalidade “afirmar Portugal como um polo de referência internacional na inovação, no empreendedorismo e na produção de bens e serviços para turismo”. “O Turismo de Portugal dá a oportunidade a estas empresas de marcarem presença na ABAV (São Paulo), WTM (Londres), Vakantiebuers (Utrecht), FITUR (Madrid) e ITB (Berlim)”.

Desde 2016, foram já 56 as startups que participaram em feiras internacionais do turismo, integrando a comitiva do Turismo de Portugal.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O presidente do Novo Banco, António Ramalho, discursa na cerimónia de lançamento do Projeto de Divulgação Cultural do Novo Banco. Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Banca custou ao Estado mais 1,5 mil milhões de euros em 2019, agora ajude

coronavirus portugal antonio costa

Proibidos ajuntamentos com mais de cinco pessoas. Aeroportos encerrados

O primeiro-ministro, António Costa, fala aos jornalistas no final da reunião do Conselho de Ministros após a Assembleia da República ter aprovado o decreto do Presidente da República que prolonga o estado de emergência até ao final do dia 17 de abril para combater a pandemia da covid-19, no Palácio da Ajuda, em Lisboa, 2 de abril de 2020. 
 MÁRIO CRUZ/POOL/LUSA

Mapa de férias pode ser aprovado e afixado mais tarde do que o habitual

Turismo de Portugal leva 17 startups a feiras internacionais