aplicação

Uma APP que permite acender uma vela real na sua Igreja ou Santuário

Igreja de São Nicolau, onde pode ser utilizada a APP. Fotografia: D.R.
Igreja de São Nicolau, onde pode ser utilizada a APP. Fotografia: D.R.

CANDLA é uma aplicação mobile que lhe permite acender uma vela à distância quando não pode estar presente na sua igreja ou no seu santuário

A globalização também chegou ao mundo católico, não apenas pela palavra, mas agora também por uma APP Global que permite acender uma vela real na Igreja ou Santuário que quiser, mesmo estando a grande distância.

Trata-se do projeto CANDLA, desenvolvido por dois jovens católicos que se conheceram durante o MBA, e de uma forma resumida, é uma APP Global que permite acender uma vela real numa Igreja ou Santuário através do seu telemóvel. Todo o trabalho foi desenvolvido em Portugal, mas já está em expansão para o resto do mundo. Esta conexão entre a tecnologia e a realidade é possível pela ligação dos Velários Candla que já estão implementados na maioria das Igrejas de Lisboa, com a APP Candla, disponível para IOS e Android.

Para os responsáveis pelo projeto, este fazia todo o sentido “numa altura em que as fronteiras estão cada vez mais abertas e os intercâmbios culturais são facilitados pelas plataformas digitais, acreditamos que com este conceito inovador, acrescentamos uma nova dimensão à fé, possibilitando uma maior proximidade entre os católicos e as suas Igrejas”.

Além disso, acreditam que “a APP CANDLA é também um ótimo instrumento para dar a conhecer o trabalho levado a cabo pelas várias Paróquias e por muitos movimentos da Igreja, no acompanhamento de diversas causas, sejam elas locais ou globais, pois muitas vezes o acendimento de uma vela é também uma doação à Igreja”.

O Projeto contou desde a primeira hora com o apoio dos Padres de Lisboa, que viram de imediato o valor e o potencial da ideia, e está atualmente presente na maioria das Igrejas de Lisboa (e.g. Mosteiro dos Jerónimos e Igreja de Santo António) e em implementação em Madrid e Roma até ao final do ano. Sendo a América Latina o foco para 2017.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Foto: JOAO RELVAS / LUSA

Desemprego registado volta a crescer em agosto, supera 409 mil inscrições

Fotografia: Fábio Poço/Global Imagens

AL perdeu quase 3000 casas em Lisboa e Porto. Oferta para arrendar cresce

Manuel Heitor, ministro do Ensino Superior.
(PAULO SPRANGER/Global Imagens)

Alunos vão pagar até 285 euros para ficar em hotéis e alojamento local

Uma APP que permite acender uma vela real na sua Igreja ou Santuário