APDC

Uma destas 12 startups vai apresentar-se aos líderes das ‘telecom’

Fotografia: Carlos Manuel Martins/Global Imagens
Fotografia: Carlos Manuel Martins/Global Imagens

A startup vencedora será escolhida graças à avaliação do júri e à votação dos participantes do congresso

Há 12 startups que vão competir hoje e amanhã por uma apresentação no debate do estado das nação das comunicações do 26.º congresso da APDC. Durante dois dias, os 12 projetos vão estar em exibição no maior evento nacional da área das telecomunicações e media. A apresentação será feita na quinta-feira, 29 de setembro.

A startup vencedora será escolhida graças à avaliação do júri e à votação dos participantes do congresso, através da aplicação APDC, que estará disponível durante os dois dias do evento. A ponderação de votos será equivalente.

A exposição está enquadrada na iniciativa “Startups powered by APDC”, constituída por um júri coordenado por Pedro Rocha Vieira, CEO da Beta-i, e representantes da Microsoft, IBM, NOS, PT, HP Enterprise, Randstad e Vodafone.

Conheça abaixo os 12 projetos selecionados para exposição no evento da APDC:

Landing.Jobs – é uma plataforma de recrutamento online especializada no setor de tecnologias de informação. Promove apenas os melhores candidatos e anúncios de emprego. Construída com base na transparência e confiança, assenta numa abordagem que junta a vertente digital com a parte humana, de forma a obter melhores resultados no processo de recrutamento de profissionais TI.

Perfometric – disponibiliza um sistema de monitorização em tempo real que permite a gestão de fadiga mental de uma forma não invasiva. Visa desenvolver ambientes de lazer e de trabalho, com vista a melhorar a qualidade de vida, bem-estar, saúde mental e desempenho individual. Tem também como finalidade apoiar uma melhor gestão dos funcionários e seu tempo de trabalho, com impactos positivos na produtividade da organização e no aumento da qualidade de vida e saúde dos empregados.

Agroop – é uma startup que está a desenvolver um produto integrado composto por um software web (SaaS) de gestão agrícola e um multi-sensor (Stoock), que permitirá definir as necessidades hídricas das culturas. O objetivo é ter uma solução holística que permita determinar de forma assertiva os custos reais de produção e as exatas necessidades hídricas das culturas, contribuindo de forma ativa para uma gestão operacional mais eficiente e para uma diminuição do desperdício hídrico e energético. Já obteve 150 mil euros em financiamento colaborativo através de duas campanhas na plataforma Seedrs.

Petapilot – disponibiliza produtos de auditoria digital financeira baseadas em tecnologias de Big Data, com referências nos reguladores (Autoridade Tributária), consultoras (BDO) e grandes empresas.

Topdox – assume-se como um “hub” seguro para mobilidade empresarial. Através da plataforma de documentos TOPDOX, disponibiliza-se uma solução de acesso e partilha de ficheiros para dispositivos móveis nas empresas. A app conta já com mais de 300 mil utilizadores em todo mundo e está disponível para iOS, Android e Windows.

Inviita – é um guia da cidade personalizado para locais e viajantes. Explora cidades de acordo com o teu mood do utilizador (Foodie, Artsy, Party entre outros). Cria listas com os lugares favoritos ou que se pretendem visitar e permite a partilha com a rede de amigos. A aplicação pode ser utilizada em qualquer cidade do mundo.

Horizontal Cities – é uma startup criada em novembro de 2015, depois de o projeto vencer o concurso Vodafone Big Smart Cities 2015. Posiciona-se como um fornecedor de informação de rotas, recorrendo a topografia de alta definição, que potenciam a eficiência energética. Tendo atualmente por base a aplicação para ciclistas “Lisboa Horizontal”, permite a deslocação em Lisboa e Bruxelas através de percursos horizontais. Tem uma tecnologia cuja integração permitirá o fornecimento de dados de eficiência energética a setores desde os transportes ao desporto, passando pelos carros elétricos.

Harpoon.Jobs – é a plataforma digital que, através do seu próprio algoritmo e do seu posicionamento exclusivo, cria o encontro perfeito entre os melhores talentos e as empresas, transformando o recrutamento num processo rápido, eficaz e com qualidade.

Book in Loop – tendo resultado de um spin-off da Universidade de Coimbra, incubada no IPN e StartUp Lisboa, pretende trazer as virtualidades da sharing-economy para o mercado da educação, reduzindo até 80% o dinheiro gasto pelas famílias em manuais escolares. Através de mais de 330 pontos de recolha a nível nacional – contando com a rede do LIDL e Repsol – permite às famílias rentabilizar o stock de manuais e adquirir manuais usados, com controlo de qualidade certificado pela Universidade de Aveiro.

Tripaya– é um portal de pesquisa de viagens com um conceito único. Tudo o que precisa fazer é dizer quanto tem para gastar e quais os seus interesses (praia, neve, romance, etc..) e o Tripaya sugere os melhores destinos, já com voo e hotel incluídos. O portal pesquisa e compara mais de 100 sites, para fazer a melhor combinação de voo e hotel, garantindo que o cliente reserva sempre aos preços mais baixos do mercado.

Defined Crowd – é uma plataforma inteligente de dados para inteligência artificial e machine learning. Com forte experiência na fala e tecnologias de processamento de linguagem natural, serve desde o primeiro dia uma grande quantidade de empresas de AI de topo e empresas da Fortune 500. Alta qualidade, velocidade e escala (cobertura de 90% das línguas em todo o mundo) garantem a diferenciação. Obteve este mês um financiamento de 1,1 milhões de dólares (mais de um milhão de euros).

Smarkio – ou “Sales & Marketing Integration & Optimisation”, é uma solução que permite às empresas angariarem e interagirem de forma totalmente automatizada com os seus clientes, com um foco claro na melhoria de resultados. Recebeu em abril um investimento de 1,5 milhões de euros através do fundo de capital de risco Revitalizar Norte.

O debate sobre o estado da nação das comunicações está marcado para quinta-feira, 29 de setembro, para as 17 horas, e vai contar com Guilherme W. d’Oliveira Martins, secretário de Estado das Infraestruturas; Fátima Barros, presidente da ANACOM; Mário Vaz, CEO da Vodafone Portugal; Paulo Neves, CEO da PT Portugal; Miguel Almeida, CEO da NOS; e Francisco de Lacerda, chairman e CEO dos CTT.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Combustíveis

Encher o depósito para ir de férias fica mais barato: combustíveis descem preços

Combustíveis

Encher o depósito para ir de férias fica mais barato: combustíveis descem preços

Foto: Paulo Spranger

Contadores inteligentes acabam com estimativas na conta da luz

Outros conteúdos GMG
Uma destas 12 startups vai apresentar-se aos líderes das ‘telecom’