fazedores

Unbabel contrata 70 pessoas para Portugal e Estados Unidos

Equipa da Unbabel já conta com mais de 180 pessoas. (DR)
Equipa da Unbabel já conta com mais de 180 pessoas. (DR)

Plataforma para tradução automática deverá terminar 2019 com 250 pessoas. Novo escritório em Lisboa deverá abrir em 2020.

A Unbabel foi considerada em fevereiro como uma das 100 startups europeias mais interessantes do momento. Só que a plataforma de tradução automática criada pelo português Vasco Pedro não pára de escalar e vai voltar a reforçar a sua equipa. Ao longo de 2019, esta scaleup portuguesa vai contratar cerca de 70 pessoas para os escritórios de Portugal e dos Estados Unidos. Até ao final do ano, a empresa irá contar com 250 pessoas.

Boa parte do reforço da equipa da Unbabel será feito nas instalações portuguesas. O escritório de Lisboa, onde já estão integradas mais de 100 pessoas, vai concentrar a maior parte das contratações: pelo menos 35 pessoas vão entrar nos próximos meses, adiantou fonte oficial da empresa ao Dinheiro Vivo.

Atualmente, a Unbabel está dividida em dois espaços na capital portuguesa, devido ao rápido crescimento das operações. Só em 2020 é que as pessoas que trabalham nesta plataforma vão poder estar reunidas debaixo do mesmo tecto.

Nos Estados Unidos, o reforço irá ocorrer nos escritórios de São Francisco, que foram inaugurados na segunda metade de 2018 para promover a aproximação da Unbabel a grandes clientes empresariais como Facebook, Pintrest e Eventbrite.

As vagas disponíveis na Unbabel incluem as áreas do marketing, engenharia, programação e desenvolvimento de negócio. Há ainda espaço para a entrada de freelancers de mais de uma dezena de idiomas. As vagas estão disponíveis através desta página e serão atualizadas ao longo dos próximos meses.

Fundada em 2013, a Unbabel conta com clientes em áreas como o turismo, retalho e empresas online, que utilizam o sistema de tradução automática que recorre à inteligência artificial e à revisão por humanos, que já nos põem a falar em 28 idiomas. Em 2018, angariou uma ronda de financiamento de série B, no valor de 23 milhões de dólares.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
light-1208275_1280

Bruxelas diz sim: Governo pode baixar IVA da luz de 23 para 6%

António Mexia, CEO da EDP. (Fotografia: Sara Matos / Global Imagens)

EDP anuncia venda ativos renováveis no valor de 800 milhões

A presidente do Conselho das Finanças Públicas, Nazaré Costa Cabral. Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA / LUSA

Conselho das Finanças elogia Centeno pelo “controlo das despesas”

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Unbabel contrata 70 pessoas para Portugal e Estados Unidos